7 erros que devem ser evitados no trabalho de home office

trabalho de home office

O trabalho de home office nunca foi tão necessário quanto durante a pandemia da COVID-19 que transformou as tendências para 2020. A capacidade de se adaptar a ele não só se tornou mais valorizada como também, praticamente, obrigatória para a manutenção da saúde e do emprego. Enfim, o que para muitos era um sonho quase impossível se tornou uma realidade inevitável.

No entanto, o trabalho remoto não é tão simples quanto parece. Exatamente por ter sido tão romantizado durante muito tempo, ele está sujeito a erros que podem ser letais para a produtividade do trabalhador desavisado. Para que não aconteçam, o primeiro passo é saber quais são eles.

Por isso, ao longo deste conteúdo, serão listados os principais erros que devem ser evitados a qualquer custo no trabalho de home office. Prevenindo-se para que não aconteçam, você certamente poderá ter, até mesmo, uma produtividade maior que no escritório, já que ganhará o tempo e a energia que antes eram desperdiçados em transporte. Então, continue lendo e saiba o que é errado nesse modelo de trabalho!

7 erros para evitar no trabalho de home office

1. Ausência de um planejamento bem estruturado

Assim como no escritório, saber o que é preciso ser feito é fundamental. No entanto, em um ambiente no qual as distrações podem se apresentar de modo mais frequente e intenso, ter metas diárias, semanais e mensais bem claras é algo que ganha uma importância gigantesca.

O ideal é que projetos tenham prazos bem definidos e sejam quebrados em tarefas menores com limite de tempo para serem realizadas. Se você lida com vários projetos, é fundamental ter um checklist das tarefas diárias e mantê-lo sempre em dia. Vale lembrar, no entanto, que essa lista precisa ser realista para evitar os excessos de trabalho.

2. Horários de trabalho não estipulados

Se você estiver em casa e não estabelecer um horário de trabalho, correrá o sério risco de cair na armadilha do “daqui a pouco eu faço”, que é completamente contraproducente. Do mesmo modo, as chances de exagerar no trabalho aumentam muito, especialmente quando a meta de tarefas do dia ainda não foi cumprida.

No entanto, dependendo da atividade que você exerce, não precisará, necessariamente, cumprir o mesmo horário do escritório, desde que respeite a carga horária necessária para o cumprimento das tarefas. Por exemplo, se, na sua casa, o horário mais tranquilo para trabalhar for durante a noite, não há nada errado em aproveitar esse período, desde que não haja perdas para a sua produtividade.

3. Desrespeito às pausas

Quando você está trabalhando no escritório, certamente, tem direito a pausas — por exemplo, para o almoço ou para aquele cafezinho no meio da tarde a fim de esticar as pernas. Em casa, isso não pode ser diferente. O ideal é que se faça uma pausa de, pelo menos, 10 minutos a cada hora de trabalho, além de pausas maiores depois de uma sequência de ciclos.

Existem métodos bem eficientes para o controle dessas pausas. Um dos mais conhecidos é o Pomodoro, que determina uma pausa de 5 minutos a cada 25 de trabalho, além de uma pausa de uma hora a cada 8 ciclos.

Não se esqueça de aproveitar esse tempo para se hidratar, fazer um alongamento e descansar a cabeça.

4. Falta de uma comunicação eficiente com os colegas sobre as atividades

Quando estão todos os colaboradores dentro de um mesmo ambiente, torna-se muito mais fácil saber o que está acontecendo com cada um. No entanto, quando está cada um na sua casa, a comunicação passa a ser mais fundamental do que nunca.

Lembre-se de que a maioria dos projetos tem etapas e tarefas interdependentes e que o sucesso do colega na realização da parte dele, muitas vezes, depende da sua parte concluída ou do seu feedback. Então, a troca de informações entre vocês, mesmo a distância, é essencial para que se dê sequência ao fluxo de trabalho com a qualidade esperada.

5. Indefinição de um local de trabalho apropriado

Muita gente acredita que poderá trabalhar em qualquer local da casa desde que haja um bom sinal de wi-fi e uma tomada para o carregador do notebook e para o celular e, de fato, isso é possível. No entanto, a produtividade jamais será a mesma que aquela conquistada quando há um local apropriado para o trabalho, por exemplo, com uma cadeira confortável e uma mesa organizada com todos os itens necessários.

Em primeiro lugar, o seu tempo será otimizado, a partir do momento em que tudo de que você precisa para realizar o seu trabalho estiver ao alcance das suas mãos. O segundo ponto que torna um local de trabalho pré-definido relevante é a mensagem enviada ao seu cérebro de que ali é lugar de trabalhar, tornando-o menos suscetível às distrações.

6. Inexistência de um acordo com os demais moradores da casa

É fundamental que os demais moradores da sua casa entendam e respeitem o seu horário e o ambiente de trabalho, com a finalidade de evitar as tão prejudiciais interrupções. Nesse aspecto, é preciso haver muita inteligência emocional de todas as partes.

Portanto, converse com todos e imponha limites claros, para que você não fique sujeito a paradas desnecessárias, a barulhos e a movimentações capazes de atrapalhar a sua concentração ou, até mesmo, a situações em que a sua vida pessoal acaba exposta durante uma call com colegas de trabalho ou com clientes, por exemplo.

7. Presença de eletrônicos ligados

A mesma dica do tópico anterior vale para os eletrônicos, como smartphones, aparelhos de TV, ou mesmo as suas redes sociais. Na maioria das vezes, esses são vilões ladrões de foco, que prejudicam de forma substancial tanto a quantidade quanto a qualidade do seu trabalho. Portanto, mantenha-os longe de você quando não for possível que fiquem desligados.

Como você pôde ver ao longo deste post, o trabalho de home office exige uma série de cuidados para que a produtividade seja mantida e, até mesmo, aumentada. Portanto, a observação deles é fundamental para a continuidade dos projetos realizados pelos membros de uma equipe que não estão trabalhando no mesmo ambiente. Então, tenha atenção para não cometer os erros que acabou de ler.

Quer receber mais dicas sobre o trabalho de home office? Então, curta a nossa página no Facebook e tenha acesso a muito mais conteúdos como este em primeira mão. Vamos lá!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *