Você sabe o que é B2B? Saiba como fazer marketing B2B em 5 dicas

o que é b2b

Antes de um produto chegar ao consumidor final, ele passa por diversas etapas processuais. Por exemplo, uma empresa do ramo de vestimentas necessita de fornecedores de confiança, que ofereçam bons materiais para produzir suas peças. Assim, muitos agentes vão ser envolvidos durante a operação de um produto ou serviço.

Diversas empresas disputam entre si para se tornar as abastecedoras principais de outros comércios. Isso não envolve somente o fornecimento de matéria-prima, mas também outros serviços que visam a viabilizar os processos dos empreendimentos.

É nesse contexto que o marketing B2B precisa ser aplicado. Afinal, ele tem as estratégias ideais para consolidar a relação entre empresas.

Pensando nisso, trouxemos neste texto informações essenciais sobre o marketing B2B, além de 5 dicas de como aplica-lo no seu negócio. Continue a leitura e fique por dentro!

O que é marketing B2B e qual a diferença para o B2C?

Business to business, ou somente B2B, é como chamamos o comércio que é realizado entre empreendimentos, isto é, de negócio para negócio. Dentro do mercado, essa expressão é muito usada, principalmente para distinguir as estratégias B2B das B2C.

Business to Consumer, nesse caso, se refere ao comércio entre uma empresa, prestadora de serviço ou vendedora com o consumidor final. Diferenciando as duas, o marketing B2B tem singularidades que necessitam ser levadas a sério a fim de alcançar seus resultados.

Enquanto o B2C se comunica diretamente com o consumidor final, o B2B precisa de estratégias diferentes para divulgar seus produtos ou serviços. Se durante uma venda B2C o usuário leva em torno de dois produtos e tem a possibilidade de experimentá-lo, em vendas B2B, a depender do negócio, essas opções não são possíveis.

Isso porque a empresa precisa do resultado final sem erros, e são poucas que ganham amostras grátis antes de fechar contrato. Quando o acordo é entre empresas, você pode presumir quais são as necessidades de compra do cliente, de acordo com o desenvolvimento de produção delas.

Já em compras por pessoa física, é bem mais difícil saber quando elas vão realizá-las. Ademais, consumidores comumente fazem compras menos complexas, sem definir estudos anteriores e, frequentemente, compram por impulso. Enquanto isso, empresas coletam dados, realizam estudos e levam mais tempo para definir o fornecedor ideal.

Nesse contexto, é essencial saber quais técnicas de marketing B2B usar para ser a opção preferencial dessas empresas.

Como utilizar essa técnica? Saiba 5 dicas!

Agora que entende como funciona o marketing B2B e a diferença para o B2C, você conhece o caminho certo para fechar negócio com qualquer empresa. Todavia, é muito importante saber implementar essas estratégias na sua empresa para não ter erros.

Separamos algumas dicas de como utilizar essa ferramenta. Conheça, agora!

1. Invista em conteúdo profissional

Um dos melhores meios para criar contato com os potenciais clientes é por meio de pautas pertinentes a eles, que sejam compartilhadas entre a sua audiência. Por exemplo, a comunicação por meio do marketing digital é muito utilizada pelas empresas que desejam criar relação com o público-alvo.

Com a criação de conteúdo, você ganha mais atenção dos usuários, como também passa maior confiança e profissionalismo. Inclua seus clientes nos conteúdos produzidos. Isso pode fazer com que eles se sintam mais valorizados e exclusivos. Com essa dica, você pode atrair mais clientes e, consequentemente, fechar mais contratos.

2. Use as redes sociais

A presença virtual é uma ótima estratégia para compartilhar informações sobre os seus serviços e ideais. A finalidade é construir uma ligação com as empresas que se encaixam no seu perfil.

Muitos profissionais do ramo B2B utilizam as redes sociais, como o LinkedIn, a fim de apresentar suas propostas. Outras duas redes em que a presença de indústrias B2B é marcante são o Twitter e o Facebook, por apresentarem mecanismos pagos que ajudam a alcançar o público desejado.

Muitos dos seus concorrentes têm redes sociais, então você não pode deixar a sua indústria de fora desse espaço! Ademais, é um excelente meio para melhorar a sua relação com os clientes.

São canais diretos de comunicação, e você vai poder ouvir opiniões, solucionar duvidas e criar um vínculo de confiança com essas marcas. Converse com eles e poste conteúdos de relevância sobre o seu empreendimento ou atualizações sobre o segmento B2B.

3. Construa confiança

Por ter um ciclo de venda mais longo, a negociação B2B deve desenvolver um relacionamento forte com o cliente. Isso é essencial para apresentar credibilidade e manter o contato com eles durante o processo de tomada de decisão.

Nesse contexto, uma ótima ferramenta para gerenciar esse relacionamento é CRM (software de gestão de relacionamento). Estabelecer essa ligação é necessário para gerar experiências excelentes aos clientes e trazer uma imagem positiva do seu trabalho, o que é crucial para a sobrevivência de qualquer negócio.

Um bom exemplo dessa estratégia é o da General Eletric que, durante as Olimpíadas do ano de 2016, utilizou as redes sociais para engajar seu público-alvo, composto por gestores e companhias.

Para isso, utilizou a plataforma do LinkedIn e investiu em materiais para blog, e-mail e posts com a finalidade de criar contato com esses empreendimentos e transmitir profissionalismo. No fim, cerca de 10 gestores foram até a sede da companhia conhecer o trabalho da empresa.

4. Faça eventos

Devido às vantagens do marketing digital, muitos esquecem que os eventos ainda compõem uma parte muito importante das ações empresariais.

Certamente, os eventos necessitam de mais elaboração e dinheiro do que mídias sociais. Entretanto, dentro do marketing B2B, existem razões pela qual elas ainda são utilizadas.

Segundo o relatório da empresa de pesquisa Demand Metric, os eventos estão em segundo lugar na lista de ferramentas de marketing B2B mais eficazes, já que o maior objetivo dos eventos é estimular a ligação com os clientes, ação primordial para a gestão industrial.

Os eventos são utilizados como o momento de apresentar e incentivar o consumidor a conhecer os serviços ou produtos da marca.

Além de propiciar a interação com os potenciais clientes e beneficiar o contato entre empresas, o evento empresarial impulsiona o marketing digital, pois todo conteúdo apresentado nessas reuniões é exposto também em pontos digitais, alimentando o contato tanto presencial quanto digital.

Assim, aliado ao marketing digital, os eventos proporcionam mais visibilidade ao negócio e permite um posicionamento melhor dentro do mercado.

Uma boa dica é promover eventos durante lançamento de produtos ou serviços, workshops, cafés, debates e webinars.

O bom de tudo isso é que essas reuniões não ficam restringidas a dias ou horários, você pode até transmiti-los ao vivo através de streaming de vídeo!

5. Utilize a ideia do oceano azul

Por fim, uma ação que vem sendo muito utilizada no marketing B2B é a estratégia do oceano azul. Afinal, pois muitos desejam evitar guerras de preço, alto custos de divulgação e nichos muito abertos.

Dentro do oceano azul, procura-se desenvolver um novo modelo de empresa, que visa a atender a um público existente que não é incorporado pelas marcas presentes no mercado.

Ao criarem esse modelo, os negócios que o utilizam se livram de concorrentes que vendem produtos semelhantes por preços totais. Em vez disso, procuram um público que não pode pagar os valores de uma vez e necessitam de meios mais acessíveis de contar com os equipamentos na empresa.

Com essa ferramenta, fica mais fácil alcançar possíveis clientes sem se preocupar com muitos concorrentes!

Agora você sabe o que é B2B e sabe as principais dicas para aplicá-lo com excelência! Não deixe de segui-las e melhore a relação com seus parceiros de negócio.

Gostou do nosso artigo? Então, que tal assinar nossa newsletter e ficar antenado em conteúdos semelhantes?

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This