Metodologias ágeis: conheça as mais utilizadas no mundo corporativo

Metodologias ágeis

Em meio a tantos desafios do mundo corporativo, marcado pelos avanços tecnológicos e pela competitividade, o desenvolvimento de software precisou se atualizar. Para isso, são utilizados as chamadas metodologias ágeis.

Transmitir mensagens claras, manter o foco do projeto e deixar um time alinhado são atitudes extremamente complexas e que vão muito além de um bom gerenciamento. Por conta disso, muitos negócios estão apostando nas metodologias ágeis, a fim de ter resultados mais certeiros.

A seguir, vamos apresentar o que significa e quais são as metodologias ágeis mais utilizadas no dia a dia das empresas. Continue a leitura e fique por dentro!

O que são metodologias ágeis?

As medidas ágeis surgiram na área da tecnologia da informação com a finalidade de resolver problemas relacionados à organização de projetos. Entre eles, etapas de produção indefinidos, falta de comunicação entre as equipes e desalinhamento entre o cliente e a empresa.

O planejamento precisa ter um começo e fim bem definidos, mas a execução pode durar períodos longos — até anos. Assim, foi preciso criar ações inteligentes e eficazes para contornar os problemas e simplificar o seu desenvolvimento.

Consequentemente, essa ferramenta foi rapidamente adotada em outros nichos do mercado e para além de projetos envolvendo tecnologia. Em oposição às medidas tradicionais, a metodologia ágil propõe ciclos mais curtos, com entregas bem definidas e foco total na melhoria contínua da equipe e dos processos.

Como exemplos de métodos ágeis, podemos citar o Scrum, o Lean e o Kanban, dos quais vamos falar no próximo tópico. Ademais, cabe ressaltar que esse mecanismo é muito importante para a organização empresarial, principalmente para aquelas que envolvem o setor tecnológico. Algumas vantagens de trabalhar com essas medidas são:

  • comunicação clara entre a equipe e os clientes;
  • rápida resolução de problemas e conflitos;
  • diminuição de riscos e resultados mais certeiros;
  • economia de materiais e recursos;
  • agilidade nas entregas;
  • eficiência na execução do projeto.

Ainda há os benefícios indiretos que as metodologias podem trazer, como o aumento de credibilidade da organização, a melhoria do clima entre os setores da empresa e a maior dedicação dos funcionários.

Quais são as medidas mais utilizadas?

Sabendo o que significa, cabe agora conhecer as metodologias ágeis mais utilizadas pelos empreendimentos e quando são indicadas. Entenda!

Kanban

Esse método é feito por meio de checklists e oferece uma visão otimizada de todo o projeto em desenvolvimento. Ele é o mais simples e ágil atualmente, sendo a preferência entre os empreendimentos.

O método Kanban ganhou muito destaque recentemente, pois é um meio muito eficaz de gerenciar projetos, com alto poder de adaptação para diversos tipos de negócios. O objetivo principal dessa medida é evoluir os processos, permitindo a organização de forma visual. Assim, é essencial criar um quadro e dividi-lo, como da seguinte forma:

  • to do: tarefas a serem realizadas;
  • doing: tarefas que estão em processo;
  • done: tarefas que já foram concluídas pela equipe.

Acompanhando essa listagem de tarefas, você vai ter um bom funcionamento desse método. É primordial que a equipe mantenha os dados atualizados constantemente.

Ele também regula o ritmo da produção de forma sustentável, evitando possíveis atrasos e gargalos no caminho até o resultado final. Esse mecanismo deve ser aplicado quando os projetos forem definidos para a execução.

Lean

A lógica Lean foi muito difundida no cenário das startups, sendo indicada para projetos mais objetivos ou reduzidos. O foco principal desse método é identificar e descartar os desperdícios da empresa ou da execução dos planejamentos.

Dessa maneira, os custos e a complexidades das atividades realizadas diminuem, melhorando a produtividade e o compartilhamento de informações entre as equipes. Essa metodologia é indicada durante a validação de ideias ou hipóteses, sendo construída em três passos:

  • construir;
  • metrificar;
  • aprender.

Scrum

O principal objetivo do Scrum é auxiliar no desenvolvimento de planos que tenham prazos de entrega curtos ou urgentes. Ele é um dos métodos mais utilizados, sendo confundido com o conceito da metodologia em si.

Para utilizá-lo, é necessário que sua empresa tenha um representante do cliente, no caso, mais conhecido como Product Owner. Este profissional, irá apontar as prioridades e os desejos dos usuários, garantindo um bom resultado na entrega. Além disso, é essencial que você conheça os pontos negativos e positivos da usa organização, como também, ter bem definido o papel de cada integrante do seu time.

Essa lógica permite que os empreendimentos criem soluções novas para o mercado, aumentando a competitividade. O Scrum, na prática, funciona criando ciclos, denominados como sprints, que são intervalos no tempo de desenvolvimento entre cada etapa.

No final de cada fase, é realizada uma revisão do material para validação. Somente depois, o próximo sprint é iniciado.

FDD

Enquanto o foco do Scrum é a gestão do projeto, o FDD (Feature Driven-Development) aposta no andamento do produto por funcionalidade. Esse método pode ser dividido em duas etapas: concepção e construção.

A primeira etapa envolve a concepção e o planejamento, em que um modelo é criado para especificar os principais dados do projeto, além de montar suas funcionalidades. Normalmente, essa fase dura em torno de uma a duas semanas.

Na segunda etapa se dá a construção, em que o desenvolvimento das funcionalidades é feito em ciclos e de forma interativa. A cada ciclo, um novo incremento é aplicado, isto é, uma nova funcionalidade. Essa fase dura, no máximo, duas semanas.

Cabe ressaltar que, no FDD, o time dedica-se ao desenvolvimento das funcionalidades, devendo ter no mínimo três programadores para a tarefa.

XP

Essa metodologia é muito útil para empresas ou startups que estão se consolidando no mercado, uma vez que seu objetivo principal é ajudar nas relações entre clientes e funcionários. É essencial utilizá-la quando for investir na comunicação com os consumidores.

O trabalho em equipe é a chave para o sucesso do Extreme Programming XP, já que incentiva as relações pessoais, eliminando a inatividade. Esse também é um método com fases, e as principais são:

  • planejamento em conjunto com o cliente;
  • elaboração do design;
  • codificação em equipe para obter resultados de qualidade;
  • testes de verificação dos códigos.

Quando utilizá-las?

Se não sabe quando utilizar as metodologias ágeis, você precisa analisar os processos da sua empresa. O escopo do projeto, por exemplo, deve ser levado em consideração na hora de aplicar essa ferramenta.

Se for um escopo delimitado e bem definido, ou que não tem grande flexibilidade, não é necessária a aplicação das metodologias ágeis. Nessa caso, é preferível manter as medidas tradicionais. As metodologias ágeis se aplicam mais em projetos que têm esboços mutáveis, que podem ser modificados no andamento do processo.

Agora, você conhece o significado e as metodologias ágeis mais utilizadas no mercado. A partir do que viu aqui, tem em mãos informações primordiais para otimizar a produção do seu negócio.

E aí, gostou do nosso post? Então, que tal curtir nossa página no Facebook e receber novos conhecimentos direto da sua timeline?

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This