Conheça 8 ferramentas do Google para promoção online de um negócio

ferramentas do google

Já não é mais segredo para ninguém que em quase tudo o que fazemos nos dias de hoje, a gigante das buscas está presente. Existem ferramentas do Google para as mais diversas finalidades, desde as mais conhecidas, como as de pesquisa e localização, até as de análise e planejamento de campanhas, mais utilizadas por profissionais de marketing e publicidade.

Se o seu objetivo é promover um negócio nos meios online, não tem como escapar de usar o conjunto de ferramentas do Google criado para essa tarefa. Por meio dos recursos disponibilizados pela empresa, é possível criar e incluir anúncios tanto nos resultados de pesquisa quanto em sites de conteúdo, também se pode fazer otimizações em sites ou blogs, descobrir a relevância de uma palavras-chave, analisar resultados de campanhas e muito mais.

Para ajudá-lo a descobrir quais são as principais ferramentas do Google indicadas para promover o seu negócio é que criamos este post. Aqui você descobrirá quais são as mais utilizadas para fins de publicidade e marketing e entenderá para que servem e como utilizá-las. Confira!

8 ferramentas do Google para promoção online de um negócio

1. Google Ads

É o equivalente ao antigo Google Adwords. Por meio do Ads, os anunciantes podem inserir anúncios pagos na SERP (Seach Engine Results Page), no YouTube e na rede de sites parceiros do Google.

No Google Ads é possível criar anúncios de texto, de imagem ou em vídeos, inclusive utilizando ferramentas nativas da plataforma de anúncios. Com ela também se definem lances para as palavras-chaves e, ainda, criam-se listas de remarketing que servem para reimpactar a audiência que demonstrou interesse por determinado produto ou serviço.

2. Google AdSense

O Google AdSense é o outro lado do Google Ads. Os anúncios feitos por meio do Ads são distribuídos no AdSense entre os produtores de conteúdos cadastrados, que ganham por clique ou exibição de anúncios em seus domínios.

Se você tem um blog, por exemplo, é por meio do AdSense que você consegue monetizar o conteúdo que publica, disponibilizando espaço para os anunciantes do Google Ads, relacionados aos assuntos que você aborda.

3. Google My Business

Sabe quando você pesquisa por uma empresa no Google e logo na lateral aparecem uma série de informações sobre aquela empresa? Se você enxerga essas informações, isso significa que aquela empresa fez a lição de casa certinho.

ferramentas do google

O Google My Business, mais conhecido no Brasil como Meu Negócio, é a ferramenta que permite a inclusão do seu estabelecimento no Google Maps. Com isso, a sua empresa terá um maior acesso aos recursos de geolocalização oferecidos pela plataforma.

As empresas validadas por meio do My Business têm mais chances de aparecer, tanto na SERP quanto no Maps, quando o usuário pesquisa pelo produto ou serviço que elas comercializam. Além disso, as informações exibidas são muito mais completas e filtradas também pela localização.

Ou seja, quanto mais perto a sua empresa estiver do usuário que fez a pesquisa, fisicamente, maiores serão as chances de ela aparecer entre os primeiros resultados, principalmente quando tem as informações de localização e contato confirmadas pelo Google.

4. Google Search Console

O Search Console faz parte do Google Webmaster tools. Ele é utilizado por desenvolvedores para tornar o site mais acessível aos robôs do Google. Por meio dele é possível “forçar” a indexação de novas páginas, informando à ferramenta sobre a existência delas.

Além disso, ela também aponta quais otimizações são necessárias nos dados estruturados das páginas, para que sejam acrescentados Rich Snipets, que deixarão as suas páginas ainda mais atrativas, quando exibidas nos resultados.

No Search Console também são encontrados alguns recursos de análise, como informações sobre o tráfego de pesquisa para cada palavra-chave utilizada no site.

5. Google Keyword Planner

O Keyword Planner faz parte do Google Ads. Como o nome já indica, serve para planejar as palavras-chave que são mais relevantes para cada anúncio. Por meio do recurso, é possível ter acesso a estatísticas de busca de cada termo, assim como uma previsão do preço de cada palavra no leilão.

Mesmo quem não está criando uma campanha no Google Ads utiliza a ferramenta para obter ideias e dados sobre palavras-chave relacionadas aos produtos e serviços que comercializa.

6. Google Suggest

Sabe quando você começa a digitar uma palavra-chave na barra de pesquisa do Google e ele se antecipa mostrando uma lista de opções relacionadas? Isso é o Suggest do Google, que também é muito útil na hora de planejar campanhas baseadas em termos de pesquisa.

Por ali, é possível ter ainda mais ideias sobre o que os usuários podem pesquisar para obter o endereço do seu site como resultado. Normalmente, as sugestões exibidas ali têm um alto volume de pesquisas e valem a pena ser exploradas.

7. Google Trends

O Google Trends ajuda os profissionais de marketing a entenderem a evolução das pesquisas por determinados termos ao longo do tempo. Com essas informações, sobre aumento ou queda nas pesquisas de algum assunto, é possível identificar tendências, com base inclusive em sazonalidades e acontecimentos ao redor do mundo.

Por exemplo, é possível descobrir que tipo de produtos são mais procurados na época da Black Friday ou do Natal. Mas não com base em achismos e sim em dados concretos sobre as pesquisas realizadas no mesmo período em anos anteriores.

8. Google Analytics

E claro que não poderia faltar uma das mais importantes ferramentas para promover um negócio. É por meio dela que se conhecem os resultados de cada ação realizada.

Nos painéis de análise é possível configurar mais de 5 mil tipos de relatórios, utilizando uma infinidade de filtros, que vão desde a origem de um clique até o formato da tela onde o conteúdo foi exibido.

Com a ajuda dos relatórios do Google Analytics é possível identificar e reforçar as ações que trazem mais resultados e, ainda, entender quais não vão bem e porque isso está acontecendo. Desse modo, é possível direcionar os recursos para estratégias mais efetivas, ou corrigir as que não têm funcionado como foi planejado.

Além das que acabamos de citar, existem muitas outras ferramentas do Google que podem ser usadas tanto para promover produtos quanto para diversas finalidades, facilitando o dia a dia das pessoas e, até mesmo, melhorando a sua qualidade de vida.

A sabedoria popular da pós-modernidade diz que se algo não está no Google é porque não existe ainda. Por isso, para tornar as suas vendas possíveis, é preciso incluir o seu produto ou serviço nesse cenário por meio das ferramentas do Google.

O que achou de conhecer as principais ferramentas do Google para promover o seu negócio no ambiente online? Bacana, não é mesmo? Então, compartilhe essa informação com seus amigos em suas redes sociais e os ajude a promover seus produtos também!

marketing para designersPowered by Rock Convert

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This