Qual a diferença entre criar arte e conceito?

arte e conceito

Entender arte e conceito separadamente pode ser uma tarefa um pouco complicada. O estudo da arte é um campo de conhecimento em constante expansão: suas expressões evoluem e se diversificam conforme o tempo, local e cultura a serem analisados.

Já conceito é algo que está ligado à arte, mas que tem uma forma muito mais complexa de se apresentar. Por serem muito próximos e interligados, muitos podem confundir e crer que são a mesma coisa. Por isso, explicaremos neste post a diferença entre os dois termos. Veja a seguir!

O que é arte?

Não existe ainda uma definição unânime do que é arte. Em uma concepção renascentista, é considerado arte o que é belo. Para alguns estudiosos, é algo que expressa emoção ou sentimento, e para outros é uma forma de comunicação visual.

Contudo, essas concepções não foram capazes de englobar tudo que é considerado arte durante sua evolução até hoje. A arte não tem uma definição que a delimita, ela simplesmente é!

O que é conceito?

A palavra conceito deriva do latim “conceptus”, que significa “conter completamente”. Ou mais ainda, em um sentido filosófico, “representação mental de um objeto concreto ou abstrato, que se mostra fundamental para o pensamento na tarefa de identificar, classificar e descrever os diferentes elementos e aspectos da realidade”.

Basicamente, o conceito é a ideia que um objeto passa; é como a mente entende aquela representação, abstrata ou não, em termos de realidade. E o resultado vem para o produto associado por meio do significado da identidade visual.

Qual a diferença entre arte e conceito e a sua criação?

A diferença entre arte e conceito é tênue, mas relevante. A arte é o meio físico que absorve e detém um conceito — ou não, ela pode não ter um conceito. O conceito, porém, é o que está intrínseco em determinada arte e/ou objeto e dá valor e determinação a ela. Para o designer, o campo do conceito é o que orientará desde a tipografia, até a paleta de cores, ilustrações e fotografias que certa arte terá.

Por exemplo, um quadro com rastros de tinta para muitos pode não ter um significado, mas conhecendo o conceito intrínseco a ele e a maneira de olhar, esta obra de arte em si muda, ganha valor. Usar amarelo em vez de azul também é conceitual, pois são cores que passam significados diferentes — e é o conceito que definirá o significado daquela arte especificamente.

Arte e conceito andam de mãos dadas: a arte não tem sentido sem conceito, e o conceito não ganha forma sem a arte.

Quais exemplos em que se pode inspirar?

Existem alguns conceitos e tipos de arte nos quais o designer pode se inspirar para entender melhor esta diferença. Listamos a seguir alguns:

Arte conceitual

A arte conceitual é um movimento artístico que tem como base a rejeição do formalismo artístico e do materialismo. Suas manifestações artísticas focam no conceito ou ideia presentes na obra de arte como seu principal aspecto. O objetivo é fazer da arte uma forma de comunicação. Boa parte das obras carrega críticas a diversas questões sociais, dentre elas a própria concepção de arte baseada somente na estética.

Arte contemporânea

Neste modelo, o mais importante passa a ser a liberdade do artista na criação. Tendo seu início em um contexto de pós-segunda guerra e industrialização em massa, os novos hábitos de vida, cultura e produção passam a ter forte influência nas manifestações artísticas, trazendo vários conceitos novos.

O minimalismo, a arte conceitual, o pop art, a arte nas ruas, são algumas das expressões que se manifestam na arte contemporânea.

Arte atual

Na atualidade, a arte acompanha o desenvolvimento tecnológico e toma cada vez mais espaço nas mídias digitais. Mesmo assim, muitas obras ainda são feitas para interagir com o espectador na realidade. A arte de rua, por exemplo, tem ganhado muito destaque e reconhecimento como forma de arte conceitual. A pluralidade maior ainda de formas de expressão coexistindo é uma marca forte da arte atual.

Se você gostou de saber sobre as diferenças entre arte e conceito, tenha acesso a mais notícias do mundo do design: siga-nos nas redes sociais — Facebook, Twitter e Google+ — e não perca nossas atualizações!

identidade visualPowered by Rock Convert

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This