Pitch: confira como fazer apresentações rápidas e de impacto

pitch

O que é pitch?

Trata-se de uma apresentação de um empreendimento, ideia ou projeto. O principal objetivo é vender aquela proposta e conseguir o suporte necessário. Para tanto, deve ser composto do jeito certo, pois somente assim é possível superar os maiores desafios.

Para fazer o negócio crescer ou mesmo dar certo, é essencial contar com o apoio de investidores e parceiros. Para convencê-los de que a sua empresa vale a atenção, o pitch é uma ferramenta que deve ser elaborada corretamente.

Trata-se de uma apresentação de empreendimento, ideia ou projeto. O principal objetivo é vender aquela proposta e conseguir o suporte necessário. Para tanto, deve ser composto do jeito certo, pois somente assim é possível superar os maiores desafios.

A seguir, veja como criar um pitch de sucesso e confira como aproveitar o momento da melhor maneira.

1. Seja objetivo e rápido

Ter a chance de fazer uma apresentação desse tipo significa conquistar a oportunidade de falar diretamente com pessoas que realmente podem ajudar o seu negócio. Trata-se de uma possibilidade valiosa e, muitas vezes, única. Diante dessa situação, é preciso tomar cuidado para não entediar o seu público.

Quem participa dessas reuniões, normalmente, está em busca de informações concretas e objetivas. Contar toda a história da empresa ou tentar maquiar o projeto não vai funcionar como você espera.

O melhor, então, é criar um contato direto e rápido. Que tal sintetizar a ideia em algumas palavras, como se fosse um slogan? Um truque muito usado é imaginar-se em um elevador, com apenas alguns minutos para falar para todos. Desse jeito, as chances de sucesso se multiplicam.

2. Explique soluções e propostas

Ao elaborar um pitch, é importante responder a perguntas como “o quê?” e “por quê?”. Questões que envolvem “como?” não são tão necessárias, porque trazem explicações dispensáveis. Para entender melhor, utilize um exemplo.

Imagine que uma empresa elabore um novo produto que promete descomplicar a limpeza de casa. Uma boa apresentação demonstra as características do item e por que ele pode se tornar um sucesso. Detalhar toda a pesquisa e como ele foi desenvolvido, por outro lado, não é interessante.

Portanto, mostre sempre as explicações e propostas de aplicação prática. Quanto mais simples for de visualizar, mais fácil será conquistar a “plateia”.

3. Aposte em recursos visuais

Para elaborar uma apresentação de sucesso, muita gente recorre aos slides, mas sabia que eles podem não ser tão úteis quanto você acha? Enchê-los de escrita e de informações não é a melhor saída. Eles devem servir como um complemento e não como toda a base do seu pitch.

Em vez disso, opte por usá-los com recursos visuais. Eles também são bem-vindos de vários outros modos. Gráficos, infográficos e fotos são apenas alguns exemplos para usar em slides ou fora deles.

Isso facilita a percepção de informações, deixa o processo mais dinâmico e atraente, e aumenta as chances de conseguir o sucesso!

4. Ilustre o caminho apresentado

Por falar nisso, é muito importante buscar meios de ilustrar a solução e como ela se encaixa de forma prática. Além dos recursos visuais, vale a pena utilizar elementos de storytelling.

Contar uma história, mesmo que fictícia, permite que os presentes entendam melhor o problema e como a alternativa atua. Fuja de apresentações muito engessadas e crie identificação real com a realidade. Desse jeito, é mais fácil estabelecer uma comunicação efetiva e que mostra todo o potencial da sua solução, ideia ou projeto.

5. Demonstre o tamanho do mercado

Parceiros e investidores, normalmente, estão à procura de boas oportunidades. Eles desejam obter chances diferenciadas para consolidar um rendimento adequado e meios de conquistar resultados acima da média. Para tanto, é normal que deem preferência a mercados amplos. Quando há grande demanda ou elevado interesse, os riscos caem e o potencial de desenvolvimento aumenta.

Em seu pitch, portanto, demonstre o tamanho de mercado. Use projeções, dados consolidados e estudos para apresentar como é possível tirar o melhor do crescimento e até se antecipar a certos movimentos.

No entanto, não basta levantar esses números. É fundamental pontuar como a empresa é capaz de aproveitá-los para conquistar mais vendas. Desse jeito, há um nível maior de interesse.

6. Diga o que já foi feito

Quando alguém investe em um negócio, em geral, não há garantias específicas. No entanto, algumas informações ajudam a tomar uma decisão melhor. Os resultados anteriores estão entre esses dados, já que indicam qual é a capacidade do empreendimento.

Para transmitir mais segurança, portanto, o pitch deve apresentar o que já foi feito. Inclua números relevantes, atraentes e verdadeiros. Se o objetivo for lançar um produto, demonstre como outras iniciativas foram bem-sucedidas anteriormente.

A intenção é explicar como a empresa tem se comportado, quais são seus pontos fortes e qual é o potencial. Desse modo, é possível criar uma oportunidade que se mostre vantajosa.

7. Apresente o time

Um empreendimento é feito por pessoas, então isso não deve ser ignorado no pitch. Muitos investidores, inclusive, tomam decisões com base na equipe encarregada. Após trazer a solução, apresente brevemente o time.

O primeiro objetivo é pontuar como as lideranças são fortes e podem conduzir o estabelecimento ao sucesso. Além disso, convém demonstrar como o negócio é bem-sucedido em atrair as pessoas e mantê-las por perto.

Também é o momento para explicitar a capacidade técnica, a experiência e os bons resultados dos profissionais. Na prática, ter um time altamente preparado é algo que aumenta a confiança desse público.

8. Mensure o investimento necessário

A partir de todas as informações apresentadas, finalize o pitch com a necessidade de investimento. Considere, por exemplo, as ações de marketing e design para o lançamento de produtos. Pense na contratação e expansão da equipe ou em mudanças específicas na identidade visual, no branding ou no posicionamento. A partir disso, faça uma estimativa do total necessário e que será sugerido aos presentes.

É indispensável que esses dados estejam justificados — inclusive, em relação ao valor do empreendimento. Vale a pena até mesmo projetar o potencial de retorno sobre o total aplicado. Assim, as pessoas serão convencidas e se sentirão dispostas a fazer uma oferta.

Ao usar estas dicas, você conseguirá montar um pitch de sucesso e que atinge os objetivos específicos. Desse jeito, é mais fácil aproveitar todas as vantagens da apresentação.

Para ficar sempre por dentro das novidades, acompanhe o nosso perfil no Facebook, Twitter e Youtube!

identidade visualPowered by Rock Convert

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This