6 estilos artísticos que influenciaram o design gráfico

estilos artísticos
Powered by Rock Convert

O design é um dos pontos importantes do nosso cotidiano e da vida das empresas. Mais que a comunicação visual, ele é responsável por apresentar soluções em vários sentidos. Para que ele se concretize, você sabia que há uma grande influência dos estilos artísticos?

Os movimentos diversos ajudam a determinar o que vai fazer sucesso no segmento e como as pessoas serão afetadas. Ao conhecer o impacto de cada um, fica fácil entender o motivo de certos elementos existirem.

Na sequência, conheça 6 entre os principais estilos artísticos que geram influência no design gráfico e compreenda como isso ocorre.

Qual é a diferença entre arte e design?

Como são dois conceitos ligados à estética e às sensações, é comum achar que o design é apenas outra forma de falar de arte — e vice-versa. No entanto, eles são muito diferentes, embora estejam ligados.

A arte consiste na expressão de experiências, sensações e impressões sobre um determinado objeto, local, pessoa ou período. Trata-se de uma representação da visão de um artista sobre algum elemento e que não tem, necessariamente, o compromisso com algo específico.

Essa ação envolve técnicas e habilidades e, normalmente, busca gerar reflexão, interpretação ou sentimentos (bons ou ruins) nas pessoas que apreciam a obra.

Já o design tem uma proposta útil e estratégica. Ele consiste em utilizar formas, cores e outros elementos para criar uma solução para um problema ou necessidade. Ele também deseja causar as sensações certas nas pessoas, mas espera, principalmente, garantir a utilidade de comunicação ou uso.

O design de uma marca, por exemplo, ajuda a comunicação e a estabelecer a identidade visual. Já o de embalagem favorece o uso do produto e, portanto, merece outro tipo de atenção.

Como os estilos artísticos influenciam o design?

Apesar de não serem a mesma coisa, não dá para negar que os estilos de arte têm grande impacto sobre o design. Isso acontece porque os movimentos artísticos transformam a maneira como ele é consolidado, ao servirem de inspiração.

Quando um estilo de arte ganha projeção, ele passa a estar em todo lugar ou, no mínimo, influencia artistas de forma intensa. Também é um jeito de utilizar novos elementos e transmitir novas mensagens sobre o momento da sociedade.

Fica claro que os movimentos artísticos “emprestam” aspectos para que o design, dentro de cada ideia, possa usar esses componentes em busca dos melhores resultados.

Quais são os estilos artísticos que afetam essa área?

Desde que a arte e o design existem, eles estão interligados. Ao longo das últimas décadas, entretanto, algumas propostas tiveram mais influência que outras. Ao conhecê-las, é possível entender como suas características impactam o resultado que vemos no mercado.

Quer descobrir quais são os tipos de destaque? Veja quais são os estilos de arte com maior presença no design até hoje!

1. Art Nouveau

estilos artísticos

Surgida no finalzinho do século 19, a ideia de Art Nouveau, desde o começo, influenciou o design. Ela é marcada por formas mais complexas, possibilitadas pelos novos materiais e pela Revolução Industrial.

Esse estilo envolve muitos elementos naturais, mas vai além da natureza. Abusa de linhas curvas, arabescos, molduras e tons quentes. Principalmente, busca valorizar o trabalho manual e ainda influencia a arquitetura de diversos modos.

2. Cubismo

estilos artísticos

No começo do século 20, o cubismo teve seu pontapé inicial com o artista Pablo Picasso. Esse é um dos estilos de arte com mais personalidade, já que representa as formas a partir da geometria. O uso de cilindros, esferas e cones é comum e permite criar elementos únicos.

Essa ideia dá origem, ainda hoje, às ilustrações diferenciadas repletas de formas especiais. Os conjuntos de cores também seguem uma proposta versátil e permitem criar obras abstratas e com valores fortes. Uma marca com essa inspiração, por exemplo, apresenta valores arrojados e uma comunicação única.

3. Art Déco

estilos artísticos

Logo após o cubismo, surgiu o movimento ligado ao Art Déco. Ele trouxe uma mistura de vários outros estilos e se consagrou em um momento de muita incerteza e confusão no cenário internacional.

Nessa proposta, as formas geométricas dão lugar para as estilizadas e sintéticas. As cores claras predominam, bem como a repetição de padrões delicados. Além de influenciar o mundo das artes, ganhou o design de outras maneiras, como no desenvolvimento de mobiliário, de peças decorativas e da arquitetura.

4. Minimalismo

estilos artísticos

Na metade do século 20, o minimalismo começou a se consolidar nas artes plásticas. Ele é representado pela abstração do expressionismo, com o uso de poucas cores e formas. Em vez de muitos detalhes, há a priorização de elementos característicos e que já transmitem a mensagem.

Até hoje, é uma aposta forte no design, como acontece no caso do flat design. Outros recursos, como o gestalt e a iconografia, são alternativas de aplicação desse conceito de modo amplo.

5. Pop art

estilos artísticos

Durante muito tempo, a arte teve uma abordagem elitizada, acadêmica e quase exclusiva. O Art Nouveau, por exemplo, foi um movimento que buscou a valorização do trabalho manual. Já o estilo pop art traz, exatamente, a “arte popular”.

A proposta utiliza diversos recursos clássicos da publicidade, como cores e formas atraentes. Também é voltada para a massificação, uso de elementos vibrantes e representações da cultura pop. Seu maior expoente é Andy Warhol, famoso por seus quadros de personalidades e que inspiram obras do design até hoje.

6. Vaporwave

    estilos artísticos

Parece cedo para falar, mas uma tendência do século 21 já mostra a que veio. O vaporwave é um movimento que apareceu no começo da década de 2010 e que tem características digitais muito fortes. Ele utiliza cores intensas, colagens de diversos elementos e a criação de algo com sensação futurista.

Como surgiu e ganhou força na internet, influencia o design digital com mais intensidade, como é o caso de certos usos de gradientes e de dualtone.

Os estilos artísticos trazem várias características, cores e inspirações. Independentemente das suas qualidades, foram (e são) responsáveis por dar novas ideias ao design gráfico — então, vale ficar de olho nos diversos movimentos.

E para não perder nenhuma novidade sobre o assunto, assine a nossa newsletter e fique sempre por dentro das nossas novidades!

identidade visualPowered by Rock Convert

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This