Entenda porque você deveria usar Grid nas suas criações

grid para criação

A palavra grid, em inglês, quer dizer grade. É exatamente isso que ela é: uma ferramenta cuja aparência imita a de uma grade, formada por linhas e colunas, que servem para orientar a elaboração de logotipos e outros materiais gráficos produzidos por profissionais da área de design e publicidade. Mas você sabe quais são as vantagens do grid para criação?

Neste post, vamos falar sobre a história do grid e seus tipos, bem como os benefícios de utilizá-lo para as produções dentro da comunicação visual.

História do grid

Se você pensa que o grid é uma invenção contemporânea, saiba que não podia estar mais enganado! A utilização de linhas como guias para construção de padrões e orientação da criação de imagens e símbolos pode ser encontrada desde muito antes de o design ganhar seu status como uma área específica do conhecimento.

Pinturas do século XV, por exemplo, já usavam grids como um auxílio para a construção de perspectivas em pinturas. Os primeiros jornais também fizeram uso dessa ferramenta. Porém, a técnica ganhou real força e popularidade na época da Primeira Guerra Mundial, influenciada pelos conceitos da escola Bauhaus.

A utilidade do grid para a criação

Esse sistema tem por objetivo ordenar e harmonizar as informações dispostas num projeto visual, tornando-o mais agradável para o olho humano, além de conferir mais fluidez entre seus elementos. O grid traz sentido e embasa a estrutura de um design, servindo como um guia.

Há uma passagem, de autoria do famoso designer e autor Jan Tschichold, em sua obra A Forma do Livro, que explica e justifica perfeitamente o uso dos grids. A frase diz o seguinte: “Não sabemos por que, mas podemos demonstrar que um ser humano acha os planos de proporções definidas e intencionais mais agradáveis ou mais belos do que os de proporções acidentais”.

Os principais tipos de grid

Retangular

Esse é o tipo mais simples de malha e consiste em um grande retângulo dentro do qual as informações serão inseridas. Ele é muito usado para a diagramação de grandes blocos de textos, como em livros, por exemplo, e determina um padrão das margens laterais, superiores e inferiores dentro da página.

De colunas

Também muito usado para auxiliar a disposição de textos, o grid de colunas consiste em um segmento de colunas verticais de mesma largura, nas quais o conteúdo é inserido. A grande diferença e vantagem dele, em relação ao anterior, é a facilidade que traz para a mistura de elementos textuais com imagens. Por isso, é muito usado em revistas, jornais e outros tipos de periódicos.

Modular

Se acrescentarmos linhas guias horizontais às colunas do grid mencionado acima, formaremos, com as intercessões criadas, alguns módulos. Ou seja, alguns espaços, de tamanhos similares, que usaremos para adequar o tamanho do conteúdo que será adicionado. Ao usar o grid modular, o designer pode optar por variar entre o uso do espaço de um ou mais módulos para colocar os textos e imagens.

Hierárquico

Aqui, não há exatamente uma forma pré-determinada para a malha. Esse tipo tem como finalidade justamente o que seu nome sugere: hierarquizar as informações. Como você pode imaginar, o quesito de quais informações são mais ou menos importantes dentro de um layout vai depender do projeto em questão. Por isso mesmo, ele varia de acordo com o que está sendo feito, visando estruturar as informações segundo o seu nível de relevância.

Personalizado

Agora, uma surpresa feliz para quem está se iniciando no mundo dos grids: você pode criar o seu próprio, de acordo com suas necessidades e vontades. É isso mesmo! Como já vimos, o grid nada mais é do que um guia que ajuda a conferir ordem e harmonia ao caos do processo criativo.

Portanto, você pode criar um grid personalizado, que atenda às necessidades de cada projeto específico, usando linhas, colunas, formas geométricas, proporção áurea etc. Mas lembre-se: a ideia não é simplesmente jogar formas aleatoriamente. Elas devem guiá-lo no percurso de organizar e harmonizar sua criação.

Por que usar grid

Consistência na diagramação

Por meio do uso dessas malhas, o designer consegue desenvolver suas produções e diagramá-las de forma muito mais consistente. Afinal, as distâncias, espaços negativos, margens e hierarquia entre os elementos podem ser pré-definidos por ele logo no início do processo. Isso implica em um design mais bem feito.

Melhoria da experiência visual

Como explicado pela citação de Jan Tschichold no início do texto, os seres humanos tendem a se interessar e a se encantar mais por padrões e por simetrias. Ao auxiliar na criação de layouts que têm essas características, o uso de grids resulta em peças bem organizadas, harmoniosas e visualmente mais interessantes e agradáveis.

Agilidade no desenvolvimento

Imagine fazer a diagramação de um livro ou jornal e ter que acertar a distância das margens, por exemplo, sem qualquer ajuda de linhas que marquem onde o texto deve começar e terminar. Se isso já seria uma grande perda de tempo, imagine com conteúdos mais complexos. As malhas agilizam a produção, pois evitam a perda de tempo nesse tipo de trabalho repetitivo e lento.

Fluxo de trabalho de uma equipe

Se você estiver trabalhando em uma equipe, essa ferramenta também é muito útil para a otimização do trabalho em grupo. Quando um membro abrir o documento de outro profissional pela primeira vez, será muito mais fácil entender o que foi feito, quais são os conceitos e o fluxo de pensamento do designer que iniciou aquele desenho.

Facilidade de entendimento

A clareza na compreensão da concepção de um design não para entre os colegas de trabalho. É imprescindível que o seu cliente entenda o que foi feito! Aos olhos leigos, um design muito complexo e cheio de conceitos pode parecer algo simples e sem significado.

Portanto, ao mostrar o resultado para o seu cliente, não hesite em mostrar, também, qual grid para criação está presente ali. Isso, com certeza, modificará a percepção dele sobre o trabalho feito!

É incrível como a inserção de linhas e formas aprimora tanto um trabalho gráfico, não é? Então, não perca tempo! Comece hoje mesmo a usar os grids para criar logotipos memoráveis. Saiba como em nosso post!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This