Como fazer cartão de visita: 8 super dicas para criar o seu

como fazer cartão de visitas

O cartão de visita ainda é uma excelente forma de ganhar mais credibilidade, divulgar seus produtos e aumentar as suas vendas. No entanto, a imagem desse item deve corresponder aos valores que seu negócio pretende transmitir ao público. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para te dar as melhores dicas de como fazer cartão de visita.

Uma comunicação visual impecável e escolhas corretas de cores, fontes e temas são fundamentais. Quer descobrir como conseguir isso? Então, leia o conteúdo a seguir e confira 8 dicas de como fazer cartão de visita incrível!

As 8 top dicas de como fazer cartão de visita incrível

A identidade visual é um dos fatores-chave para atrair a atenção das pessoas, pois a visão é o sentido mais estimulado. Contudo, em uma era em que recebemos um grande e frequente volume de informações por todos os lados, é muito importante saber como fazer cartão de visita de maneira inovadora, criativa e eficiente.

1. Aposte tudo no visual

O primeiro passo de como fazer cartão de visita incrível é investir na comunicação visual. O layout precisa ser esteticamente equilibrado e harmônico com a sua empresa e padrão de comunicação.

É preciso ter bom gosto na escolha das fontes e dos temas. Se você é um designer, não terá dificuldades em realizar essa tarefa. Porém, se você não for, o ideal é procurar um designer que possa fazer esse trabalho para você. Estes profissionais estudam exaustivamente sobre o tema e conseguirão oferecer a solução mais criativa para o seu negócio. O essencial é não abrir mão de passar a mensagem certa sobre a sua empresa.

2. Escolha as cores certas

As cores são um item à parte na comunicação visual e precisam de toda a atenção possível. Você já deve ter percebido que muitas das grandes corporações do mundo investem pesado na escolha de suas tonalidades. Redes de fast food, por exemplo, não abrem mão do vermelho e do amarelo, pois são matizes que incitam a vontade de comer.

Pense bem na sua área de atuação e nas reações que você deseja criar no seu público. Pesquise as gradações que vão invocar o tipo de ação, reação ou sentimento que trarão os resultados que você espera para a sua organização. Compreender a psicologia das cores e suas principais aplicações o ajudará nessa etapa de desenvolvimento.

3. Utilize a frente e o verso

O cartão de visita, possui um formato padrão que deve caber perfeitamente na carteira dos seus clientes. No entanto, isso não quer dizer que você não vai ter o espaço de que precisa.

Para aproveitar a área de impressão, é importante usar a frente e o verso. Uma face, por exemplo, pode apresentar o logotipo da empresa, enquanto a outra face pode conter as informações de contato e o endereço. Pense bem nessa divisão e leve isso em conta quando tiver as primeiras ideias de design.

No entanto, independentemente dos formatos de mercado, você fica livre para fazer o seu cartão de visita do formato que desejar. No entanto, só não se esqueça de que ele precisa caber no bolso ou na carteira do seu cliente.

4. Coloque todos os dados relevantes

Agora que você já sabe como aproveitar ao máximo os espaços disponíveis do seu cartão de visita, não deve abrir mão de imprimir todos os dados relevantes para que o cliente conheça o seu negócio e saiba como chegar até você.

Por isso, é importantíssimo que o seu cartão de visitas contenha as informações a seguir:

  1. Nome
  2. Logotipo da empresa
  3. Cargo
  4. Telefone e celulares
  5. E-mails
  6. Mídias sociais
  7. Website da empresa
  8. Slogan da empresa

Nome

Sem dúvidas, o seu nome é a principal informação que deve constar em um cartão de visita. Obviamente, precisa estar escrito corretamente e com uma fonte legível, mas não precisa estar em grande destaque, já que ele não é o elemento visual que protagonizará a peça.

Se o seu nome for muito grande, abrevie de forma profissional. Vale lembrar que colocar o seu apelido é algo que será mal interpretado, dependendo da área em que você atua. Contudo, em alguns segmentos, essa pode ser uma estratégia criativa para despertar a atenção do cliente.

Nome ou logo da empresa

Em primeiro lugar, é importante que o logo da empresa ou do profissional autônomo tenha sido desenvolvido por um bom designer. A imagem deve ser discreta, sem exageros, sem cores destoantes e com fontes agradáveis de modo que todos os elementos se componham de forma natural e visualmente atrativa.

Além disso, o designer saberá exatamente como posicionar o logo ou nome da empresa e as dimensões ideais para que ele fique proporcional ao formato do cartão de visita. Lembre-se de que o “barato pode sair caro” quando tentamos economizar com esse tipo de serviço. Tenha como prioridade a qualidade do serviço e a experiência do profissional.

Cargo

É muito comum que essa informação seja inserida logo abaixo do nome ou da logo da empresa. Entretanto, existem determinados cargos de destaque — diretor, VP, CEO, presidente etc. — que, às vezes, são omitidos por pessoas que têm receio de ser identificadas por indivíduos mal intencionados, já que a posição na empresa pode significar uma alta renda.

Telefones

Apesar de a grande parte da comunicação na era em que vivemos ser feita via aplicativos de troca de mensagens, redes sociais e e-mails, ainda há muita gente que utiliza o telefone para entrar em contato com empresas e profissionais. Sendo assim, é imprescindível colocar os números de celular e de telefone fixo no cartão de visitas.

E-mails

Preferencialmente, use um e-mail profissional e não um genérico (de plataformas gratuitas, como @yahoo.com ou @uol.com.br). Criar um e-mail corporativo é simples e barato. Se você deseja passar profissionalismo em seu cartão de visitas, vale a pena investir nessa questão.

Mídias sociais

Como fazer cartão de visita sem incluir as mídias sociais, não é verdade? Afinal, o brasileiro está em 2° lugar no ranking de usuários que mais acessam as redes sociais no mundo.

Coloque os endereços de suas páginas no Facebook, no LinkedIn e no Instagram, por exemplo, a não ser que isso não seja relevante em sua área. No entanto, nós nos arriscamos a dizer que não estar presente no ambiente digital é um ato que pode dar vantagem competitiva aos seus concorrentes.

Vale lembrar que o LinkedIn é conhecido como a “rede social de trabalho”. Ou seja, é uma plataforma especificamente desenvolvida para que empresas, clientes e todo o tipo de profissional que está em busca de oportunidades de negócios atuem.

Dica extra: não exagere! Coloque, no máximo, três links.

Website da empresa

Informar o site de uma empresa, nos dias atuais, é tão importante como era o telefone há alguns anos, pois é nele que o cliente terá acesso a todos os produtos e serviços oferecidos, além de dados sobre os valores, as políticas e a história da marca.

Slogan da empresa

Essa informação não é totalmente necessária. Coloque apenas se, na sua área de atuação, for importante para o posicionamento da marca. Ele deve ficar logo abaixo do logotipo ou do nome da empresa.

5. Escolha um fornecedor de confiança para imprimir com ótima qualidade

Pouco adianta que você tenha aprendido como fazer cartão de visita incrível se a gráfica escolhida para imprimi-lo não tiver uma boa qualidade. Os serviços de impressão têm um custo-benefício excelente e compensam com folga o investimento, pois trazem resultados muito importantes para qualquer empresa.

Tenha cuidado para não apostar no barato que sai caro! Gráficas especializadas têm o tipo certo de papel, um corte perfeito e máquinas que ajudam a garantir um produto incrível, com as melhores características possíveis.

Aqui na Gráfica KWG, nós possuímos diversos papeis, revestimentos e acabamentos, para garantir produtos dos mais variados e personalizados. Confira as diversas possibilidades em nossa loja.

6. Tenha um diferencial tecnológico

Após mencionarmos tanto a importância da presença nos ambientes digitais, uma das formas de mostrar que você está por dentro das tendências tecnológicas é inserindo, em seu cartão de visitas, um QR Code com as informações sobre seu site, o seu blog ou produtos/serviços. Dessa forma, a primeira impressão que seu cliente terá passará grande credibilidade ao seu nome como empresa ou como profissional autônomo.

7. Aposte tudo na criatividade

Como fazer cartão de visita sem ter a criatividade como principal parâmetro, não é mesmo? Ao contar com uma gráfica especializada, você poderá investir em diferentes formatos nas bordas, nas texturas, nas camadas, na transparência, entre outros elementos que possam dar uma personalização especial à sua identidade visual.

8. Garanta que caiba na carteira

Por fim, mas não menos importante, é o momento de falarmos sobre as dimensões que um cartão de visitas precisa ter. Como o próprio termo já deixa claro, trata-se de um cartão. Ou seja, precisa ser fácil de ser manuseado e caber no bolso ou na carteira de seus clientes potenciais.

Para garantir que ele tenha o tamanho ideal, siga o modelo estabelecido pela norma internacional ISO 7810, que determina padrões de dimensões para cartões de visita, entre outras informações importantes.

Lembrando que não existe uma regra que especifica qual é o tamanho ideal que um cartão de visita deve ter, e, sim, padrões que podem ser encontrados com mais facilidade no mercado. Entre os formatos de cartão de visita que vemos ser utilizados com mais frequência, podemos citar:

  • 9×5 cm;
  • 8×5 cm (mais conhecido como cartão americano).

A importância de contar com a ajuda de uma gráfica de credibilidade para produzir seu cartão de visitas

É fato que o mercado está altamente competitivo. Em contrapartida, cada vez mais temos menos tempo para lidar com questões relacionadas ao marketing do negócio. Ao contratar uma gráfica especializada, você terá a garantia de que seu cartão de visitas será produzido por profissionais experts no assunto.

Além disso, a vantagem de terceirizar esse tipo de serviço é que o seu cartão de visitas, será muito mais profissional e estará enquadrado nos padrões gráficos necessários para chamar atenção das pessoas de maneira discreta, porém eficiente. Aqui, vale lembrar que a relação custo-benefício nesse aspecto é altamente vantajosa.

Como você pôde conferir neste conteúdo sobre como fazer cartão de visita, existem diversas possibilidades para fazer o seu cartão. Desta forma, você irá tornar a sua apresentação como empresa ou profissional mais atrativa para o seu público-alvo. Desde que você conte com fornecedores de confiança, como uma marca que já está consolidada na indústria gráfica há quase 20 anos, não precisará se preocupar com o processo de desenvolvimento do material.

Gostou de conhecer essas 8 dicas de como fazer cartão de visitas incrível? Quer saber como podemos ajudar sua empresa a criar materiais atrativos de qualidade? Então, entre em contato para conhecer nossas soluções!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Roberto Donizetti disse:

    Ótimas dicas! Algumas até eu já levava em consideração, porém outras são novas para mim e, portanto, começarei a aplicá-las em meus trabalhos no dia-a-dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *