Quais são os segmentos que mais consomem material gráfico?

segmentos que mais consomem material gráfico

De fato, a era digital marcou um novo momento da propaganda e marketing. Mas engana-se quem pensa que os materiais gráficos não têm mais espaço no mercado. Pelo contrário, o setor está em constante crescimento. E é exatamente sobre isso que iremos falar: quais são os segmentos que mais consomem material gráfico.

A experiência visual do cliente com a marca ainda tem muito valor. Por exemplo, receber um cartão de visitas em mãos passa credibilidade e profissionalismo, além de reforçar o interesse em fechar um negócio, concorda?

Durável, um material como esse pode ser consultado quantas vezes for preciso e ajuda muita gente a reforçar informações importantes. Comunicar por meio dessa alternativa gera, inclusive, mais aproximação entre cliente e empresa, principalmente se as peças forem criativas e bem elaboradas.

Empresas e profissionais estão cientes de todos esses benefícios. A demanda é alta e, por ela é possível até mesmo definir quais são os segmentos que mais consomem material gráfico. Quer saber quais são eles? Então acompanhe este artigo, veja se o seu negócio não está de fora e aproveite para conferir alguns tipos de ferramentas gráficas importantes em qualquer divulgação. Vamos lá?

Quais são os segmentos que mais consomem material gráfico?

Utilizar materiais gráficos é muito importante em qualquer setor de atuação. Mas alguns deles precisam lançar mão dessas peças com mais frequência, para aumentar as vendas, conquistar clientes e ter mais espaço em lojas, escritórios e no comércio de modo geral. Conheça os segmentos que mais consomem esses elementos e os motivos.

Varejo

O segmento de varejo é o principal consumidor de material gráfico. Ele precisa vender seus produtos para outras lojas que atendem em diversos setores: de vestuário, eletrônicos, calçados, móveis, supermercados, entre outros. Sendo assim, é fundamental que use ferramentas gráficas para apresentar seus produtos e, principalmente, anunciar suas ofertas diferenciadas.

Em períodos sazonais, como datas comemorativas e mudança de estações, elas se fazem ainda mais necessária, pois precisam alertar mudanças e vendas de produtos ainda mais específicos.

Higiene pessoal e beleza

O mercado de higiene pessoal e beleza está em constante crescimento. Seu público-alvo tem perfis variados e permite que o material gráfico seja sempre inovador e diferenciado. Em meio a tantas novidades e lançamentos de produtos, é fundamental se destacar. Texturas, cores e até mesmo aromas podem ser usados para decorar as páginas dos materiais e torná-los mais atraentes.

Imobiliário

Sem dúvidas, o segmento imobiliário consome muito material gráfico e em vários formatos. Afinal, ele precisa vender imóveis que muitas vezes ainda estão na planta. E para isso, nada como uma boa ilustração para demonstrar como um projeto ficará quando estiver pronto.

Para completar, é preciso citar preços, detalhes dos empreendimentos e outras informações que o público não armazena de imediato e deseja consultar depois, enquanto avalia melhor o investimento que será realizado. E a melhor maneira de fazer isso é mesmo através de um impresso de qualidade.

Bebidas

O Brasil é um dos maiores consumidores de bebidas alcoólicas e não alcoólicas do mundo. Por isso, o material gráfico usado para divulgação desses produtos é indispensável. Isso inclui rótulos, etiquetas e caixas.

Usar um design interessante que chame bastante a atenção ajuda a incrementar as embalagens para diferenciá-las em meio a tantas opções nas prateleiras.

Alimentação

O mercado de alimentação é competitivo, não há como negar. Por isso, o material gráfico surge como um grande apoio neste cenário. Seja para divulgar produtos quanto para ajudar em sua distribuição.

Em locais apropriados para consumo ou compra de alimentos, eles ainda surgem como uma forma a mais de fazer com que o cliente fixe a marca em sua memória e podem ser até mesmo um fator decisivo de compra, como em mesas, cadeiras e outros objetos.

Serviços médicos e odontológicos

A organização é característica primordial de profissionais da área da saúde. Os materiais gráficos ajudam a viabilizá-la por meio de pastas, envelopes e receituários, que além de um grande impacto visual, atuam como merchandising de consultórios, clínicas e hospitais.

Além disso, ainda servem de lembrete a respeito dos serviços, para incentivar retornos, confirmações de consulta e sinalizar a preferência por determinados especialistas. E não vamos nos esquecer do tradicional cartão de visita, muito utilizado para guardar contato de um profissional e fazer indicações para familiares e amigos, mais uma excelente forma de divulgação que utiliza serviços gráficos.

Quais são os materiais mais populares para divulgação?

É claro que cada segmento tem necessidades particulares de divulgação. O material gráfico desenvolvido para cada um deles é distinto em conteúdo e detalhes, mas algumas peças saem na frente na procura geral. Veja quais são ela:

Folder

O folder é um material gráfico dobrável. Por este motivo, uma quantidade maior de informações pode ser trabalhada no desenvolvimento de seu conteúdo. Ele é utilizado para complementar a divulgação de uma maneira mais ampla: pode servir como um catálogo reduzido da empresa para estimular o interesse de quem lê e fazer com que sua busca se torne mais aprofundada posteriormente.

Catálogo

O catálogo faz milagres nas mãos de um bom vendedor. Ele abrange em detalhes todos os produtos da empresa, com organização e lógica. Valores, características, códigos e imagens formam um rico conjunto visual para facilitar explicações e demonstrações, além de otimizar o processo de venda.

Em alguns setores, o catálogo técnico também é desenvolvido para ajudar no repasse de instruções de instalação e operação e fornecer assistência ao consumidor.

Cartão de visitas

Os cartões de visita são os principais meios para oficializar uma negociação. Por meio de um pequeno impresso, todos os contatos da empresa ou do profissional podem ser listados em um formato compacto. Hoje, eles não são mais desenvolvidos de forma tradicional.

Novos formatos, materiais e cores são usados para transmitir melhor a imagem da marca e dar um toque mais especial à peça. Para completar, os cartões são muito práticos, pois podem ser distribuídos em centenas de ocasiões. Feiras, eventos e reuniões, entre outras situações profissionais.

Agora que você já conhece os segmentos que mais consomem material gráfico, é hora de reavaliar suas ações de marketing e divulgação.

Se precisar de ajuda, saiba que estamos prontos para lhe atender da melhor maneira possível, com sugestões criativas um trabalho de qualidade, entre em contato com a gráfica e editora KWG!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This