UX E UI

Quais são as diferenças entre UX e UI?

Se você trabalha em uma agência de design, já deve ter percebido que é muito comum as pessoas confundirem o que é UX e UI. Isso porque os dois estão, de fato, ligados por processos de trabalho e são indispensáveis para o desenvolvimento de um produto de sucesso.

No entanto, cada um deles tem suas especificidades. No caso de um projeto de carro, por exemplo, o UI se refere à parte física do veículo. Já o UX fica responsável pela experiência satisfatória do motorista — o prazer dele, basicamente. 

Ficou curioso para saber mais diferenças sobre esses dois tipos de design? Então acompanhe o post de hoje, porque nele esclarecemos tudo para você!

O que é UX?

Chamamos de Experiência do Usuário, ou UX  (User Experience, em inglês), o estudo do comportamento de uma pessoa ao utilizar um produto, seja ele digital ou não. Logicamente, o objetivo é proporcionar a melhor vivência para o consumidor — e uma verdadeira experiência envolve a parte emocional. Ou seja, os sentimentos despertados quando alguém utiliza um determinado produto.

O trabalho de UX costuma englobar tarefas como:

  • entrevistas com stakeholders;
  • entrevistas com potenciais clientes;
  • construção de personas;
  • planejamento da jornada do consumidor.

Por isso, o profissional de UX deve estar atento aos anseios do usuário para que a interação seja a mais satisfatória possível. Além disso, claro, é fundamental que ele tenha uma visão ampla de disciplinas como arquitetura de informação, marketing, comunicação e design visual.

O que é UI?

A Interface do Usuário, ou UI (User Interface, em inglês), faz parte do UX e cuida do projeto visual, que é a parte física com a qual o usuário interage. Por exemplo, em um projeto de um aplicativo digital, o UI atua no design do visual e na montagem de protótipos para testes.

Assim, o designer de UI é quem se preocupa com a disposição dos elementos, uso de cores e tudo o que contribui para que a pessoa não se perca ao utilizar um produto. Se hoje essa carreira já é valorizada no mercado de design, a expectativa é que com o avanço da internet nos próximos anos, a procura por esses profissionais cresça ainda mais.

É possível unir os dois?

Respondendo à pergunta de forma clara: é claro que sim! Você pode — e deve — unir UX e UI. Afinal, não faz sentido que um produto tenha uma experiência de usuário boa e uma interface ruim e vice-versa. É preciso que haja um casamento perfeito entre os dois.

Lembre-se de que ainda existem outras áreas de estudo que atendem às necessidades de desenvolvimento de um produto. Como exemplo podemos citar a Arquitetura de Informação (AI) e o Design de Interação (IxD).

No exemplo citado acima, o profissional de UI utiliza os wireframes pensados pelo arquiteto de informação e os fluxos de interação desenvolvidos pelo designer de interação em seu trabalho. Todos eles precisam estar em sintonia para entregar a melhor experiência para o usuário.

Se você chegou até aqui, já deve ter ficado claro que UI é como um indivíduo interage com um produto e UX é o sentimento que ele leva dessa interação. Unidos, UX e UI garantem o desenvolvimento de plataformas bem alinhadas com as necessidades dos clientes.

Gostou deste post sobre as diferenças entre UX e UI? Então, aproveite a visita e assine a nossa newsletter! Assim, você receberá conteúdos tão relevantes quanto esse diretamente no seu e-mail.
Visite o nosso site e conheça mais sobre a Gráfica KWG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This