termos gráficos

Glossário de termos gráficos: saiba o significado dos principais

Entenda de uma vez por todas os principais termos gráficos utilizados por designers e profissionais da área gráfica.

Paulo já possui alguns anos de experiência de mercado. Apesar disso, vez ou outra se depara com certos termos gráficos e sente que o significado deles ainda não está claro. Isso soa familiar para você? Certamente, entender essas expressões da maneira correta é essencial para qualquer profissional gráfico. Esse conhecimento pode fazer a diferença em todas as etapas da sua produção, desde a criação até a impressão e apresentação dos produtos ao cliente.

Neste post você vai poder esclarecer dúvidas que possam restar em relação aos termos mais usados na sua área! Confira a seguir.

Principais termos gráficos

4×0: Termo utilizado para identificar que a impressão terá 4 cores na frente (CMYK) e nenhuma impressão no verso.

4×1: Termo indicado para para identificar que a impressão terá 4 cores na frente (CMYK) e 1 cor (normalmente preto) no impressão no verso.

4×4: Termo utilizado para identificar que a impressão terá 4 cores na frente (CMYK) e 4 cores no verso (CMYK).

A2: É o dobro de uma folha A3. Possui 420x595mm.

A3: É o dobro de uma folha de ofício. Possui 297x420mm.

A4: É o tamanho de uma folha de ofício. Possui 210x297mm.

A5: É a metade de uma folha de ofício. Possui 148x210mm.

Adobe: Empresa desenvolvedora de softwares gráficos como Photoshop, Illustrator, InDesign e Premiere. É líder em seu setor.

Adobe Illustrator: Software de desenvolvimento de imagens vetoriais.

Adobe Indesign: Software de diagramação.

Adobe Photoshop: Software de edição e manipulação de imagens.

After Effects: Software de animação/manipulação de vídeos desenvolvido pela Adobe.

Alinhamento: Forma de organizar objetos em uma tela. O alinhamento pode ser à direta, à esquerda, centralizado, etc.

Animação: Técnica que possibilita a exibição de imagens em alta velocidade em um curto espaço de tempo. Tem a intenção de dar noção de movimento a elementos gráficos.

Arquivo aberto: Arquivo editável e salvo no formato do software em que foi criado.

Arquivo fechado: Arquivo salvo para impressão de maneira não editável.

Background: Plano de fundo de um layout.

Bevel and Emboss: Efeito aplicado em fontes ou objetos, fazendo com que eles aparentem volume.

Bitmap/BPM: Traduzido do inglês, quer dizer “mapa de bits”. Trata-se de uma imagem digital formada por pontos chamados pixels.

Blur: Efeito utilizado para desfocar uma imagem ou texto.

Bold (negrito): Propriedade aplicada em fontes, com intuito de deixá-la mais grossa.

Brand: É o âmago de uma marca. Trata-se dos conceitos e aspectos intangíveis que a envolvem, como o estilo de vida que ela representa.

Briefing: Documento que contém as diretrizes para um projeto. Especifica seu escopo, apresenta referências, aspectos indispensáveis e objeções. Tem a intenção de otimizar a etapa de criação e evitar a necessidade de retrabalho.

Caderno: Conjunto de folhas impressas dobradas que formam partes de um jornal, revista ou livro.

Canal alpha: Camada extra possível de ser adicionada em imagens digitais. É uma transparência que permite que o que esteja localizado atrás dela fique aparente.

Canvas: Tela ou área de trabalho de um software gráfico.

CMYK: A sigla reúne os nomes das cores primárias em inglês: cyan (ciano), magenta (magenta) e yellow (amarelo). A letra “k” é a última da palavra “black”, que representa a cor preta. É uma escala de cores usada para impressão. Ela informa em porcentagens a quantidade necessária de cada tinta.

Círculo Cromático: Trata-se de uma representação das cores percebidas pelo olho humano. Conversão em curvas: Ato de converter uma fonte em curvas/vetores. Isso torna a informação não editável, e garante que o arquivo, ao ser fechado para impressão, não seja desconfigurado quando aberto em um dispositivo diferente.

CorelDraw: Software para o desenvolvimento de imagens vetoriais desenvolvido pela Corel Corporation.

Crop: Ato de cortar uma imagem.

Decalque: Erro de impressão configurado pela transferência de tinta de um impresso a outro. Geralmente ocorre quando peças são impressas com carga excessiva de tinta, o processo de secagem não foi finalizado, e/ou os impressos são empilhadas causando pressão entre elas.

Design: Área das artes destinada para solução de problemas que resultam em produtos que melhorem os aspectos funcionais, ergonômicos e visuais do produto. Diagramação: Organização de elementos em páginas pré estabelecidas em um software gráfico. Tem o objetivo de deixar a página legível e bem equilibrada visualmente.

DPI: Do inglês “dots per inch”, significa “pontos por polegada”. É uma forma de medir a resolução de uma imagem. É indicado que uma imagem possua no mínimo 300dpi para impressão, e 72dpi para uso digital.

Flat design: Desenho simples com cores e formas chapadas.

Fonte: Tipos de letra.

JPG/JPEG: Extensão que permite salvar imagens bitmap com alta resolução em tamanho compacto.

GIF: Do inglês “Graphic Interchange Format” quer dizer, a grosso modo, “formato gráfico variável”. É uma extensão que permite animações e possui canal alpha.

Gradiente: Também conhecido como degradê. Trata-se da transição gradativa entre tons de cores.

Gramatura: Unidade de peso que considera as gramas por metro quadrado (G/M²). É utilizada para distinguir papéis de acordo com sua espessura. Quanto maior a gramatura, maior a espessura.

Grid: Malha quadriculada formada por linhas. É utilizada em softwares gráficos para auxiliar na organização e harmonização de elementos.

Infográfico: Peça gráfica que possui o objetivo de explicar algo de maneira objetiva.

Layout: Peça final de uma arte gráfica.

Linhas guia: Linhas utilizadas em softwares gráficos para servir como referência de alinhamento.

Logo: Símbolo que representa uma marca.

Logomarca: No universo do design, logo e marca possuem o mesmo significado, e não devem ser utilizadas em conjunto para não gerar redundância.

Logotipo: Logo que possui um suporte de texto.

Marca de corte: Linhas utilizadas em softwares gráficos para delimitar onde o layout será cortado após impresso.

Opacidade: Nível de transparência de um objeto em um software gráfico.

Overprint: Impressão sobreposta.

Pantone: Empresa responsável pelo desenvolvimento do sistema de cores mais utilizado globalmente. As suas cores são rotuladas por códigos e existem opções especiais que não são parte da impressão padrão em CMYK.

PDF: Portable Document Format, a sigla PDF significa Formato de documento Portátil, e refere-se a um formato de arquivo utilizado para exibir e compartilhar documentos de maneira compatível, livremente de softwares, hardware ou sistema operacional.

PDF/X-1a:  versão do PDF destinada para impressão gráfica.

Pixel: A menor unidade de uma imagem digital.

PNG: Do inglês “Portable Network Graphics”. É uma extensão que permite salvar imagens bitmap com uma boa resolução e baixa compressão. Diferencia-se por permitir transparências ou camada alpha.

Rasterização: Conversão de imagens vetoriais em bitmap. Refile: Acabamento de um produto gráfico impresso após ser cortado nas marcas de corte.

Resolução: Nível de qualidade de uma imagem. Geralmente é medida em DPIs.

RGB: A sigla reúne as iniciais das cores vermelho (red), verde (green) e azul (blue). Trata-se de um sistema de cores luminosas utilizado para produzir arquivos com finalidades digitais. Não deve ser utilizado para impressão.

Sangria: Linha que marca a sobra existente em um arquivo gráfico. Tem o intuito de evitar que haja um espaço em branco nas bordas do produto caso o seu refile não seja realizado de maneira precisa.

Serifa: Fontes que possuem letras com extensões em suas extremidades.

Tipografia: Estudo da interação entre as letras (tipos) em uma superfície.

Tratamento de imagem: Correção de detalhes como cor, luminosidade e textura em uma imagem por meio de um software gráfico.

UI design:  UI Design, ou User Interface Design (Design de Interface do Usuário), refere-se ao projeto visual com o qual interagimos em aplicativos, sites e  dispositivo ou software.

UX design:  É a ciência que estuda exclusivamente a relação de um produto com o usuário, com o intuito de promover a melhor experiência de uso nos produtos sendo eles digitais ou não.

Vetor: Elemento produzido em softwares gráficos. Em vez de ser integrado por pixels, é composto por cálculos matemáticos e pode ser aumentado infinitamente. É uma imagem gráfica formada por pontos que consomem menos memória de um dispositivo e gera arquivos mais leves.

ZIP: Trata-se de um formato de arquivo usado para compactação de dados armazenados no computador.

Zoom: Ferramenta que permite ampliar ou diminuir a visualização de uma imagem ou objeto.

Com certeza você teve a oportunidade de sanar várias dúvidas muito comuns sobre os termos gráficos, certo? Por mais simples que a questão possa parecer, toda busca por conhecimento é válida. Principalmente quando a sua atuação profissional está em jogo. Aproveite, então, para continuar aprendendo e baixe agora mesmo o e-book com 6 passos para se tornar um revendedor gráfico de sucesso!

Comments (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This