Como trabalhar com textos e imagens: confira 7 dicas incríveis

trabalhar com textos e imagens

A habilidade de trabalhar com textos e imagens é um quesito fundamental para todo criativo que desenvolve projetos gráficos. Nessa área do design, não há como fugir dessa competência, já que ela é parte essencial de toda a comunicação necessária para divulgar ideias, produtos e serviços.

A combinação de trabalhar com textos e imagens é uma prática comum em blogs, redes sociais, material publicitário, apresentações de projetos em templates e numa infinidade de materiais de comunicação. É uma forma direta e objetiva de levar a mensagem até o público e que nem sempre é feita da maneira correta.

O universo do design exige técnica, um olhar de fotógrafo, a expertise de um designer, sensibilidade e bom senso. Para ajudá-lo a enfrentar melhor esse desafio, separamos 7 dicas para deixar o seu trabalho gráfico surpreendente. Vamos conferir?

7 dicas de como trabalhar com textos e imagens

1. Adapte a imagem com a mensagem do texto


Antes de tudo, é preciso fazer a escolha adequada da imagem. Ela deve ter uma qualidade impecável e representar perfeitamente o assunto que se pretende transmitir na arte.

Em alguns layouts, quanto mais a foto ou ilustração conseguir comunicar a ideia, menos texto será necessário para complementar a mensagem. Isso faz muita diferença, uma vez que não é tão simples encaixar muitas palavras em uma foto sem afetar todo o conjunto.

Por isso, o profissional precisa ser metódico e antever como ficará o resultado para não perder tempo nem cometer erros grosseiros ao posicionar o texto e tentar harmonizá-lo com a foto. As duas coisas devem parecer uma só ou criarem um complemento perfeito.

2. Incorpore o texto à imagem com coerência

Além da preocupação em adaptar a imagem correta para informar a emoção em conjunto com as palavras adequadas, é muito importante fazer isso com coerência. É necessário trabalhar com fluidez, encaixando as palavras de maneira lógica na foto, posicionando no lugar certo.

Mas, qual o motivo para essa preocupação? Ora, é imperdoável colocar texto em cima das partes importantes da imagem, por exemplo: nos rostos, na ação principal da foto ou no produto que está sendo apresentado.

Quando se tem a oportunidade de planejar todo o trabalho que será desenvolvido, desde a seleção das imagens, a dica é produzir a foto já pensando no lugar onde o texto será incorporado. Esse tipo de antecipação otimiza a produção e garante resultados muito profissionais.

3. Escolha a fonte adequada

fonte adequada

A fonte ideal para cada tipo de mensagem e imagem também é extremamente relevante. Para trabalhar com textos e imagens com certeza o desenho da fonte tipográfica deve expressar a ideia do conjunto, mas também precisa ser legível — compreensível de imediato.

Lembre-se que a comunicação eficiente transmite o recado instantaneamente e nenhum cliente tem a intenção de decifrar uma peça de comunicação. Ela tem que ser clara e objetiva.

Sabendo disso, não confunda a imagem com uma fonte tipográfica muito elaborada, caso seja necessário escrever sobre a foto toda. Nessa hipótese, a tipografia recomendada é a mais neutra e enxuta possível, como a helvética ou outra similar. No caso de fontes elaboradas, essas devem interagir com a imagem como se fizessem parte dela, mas com clareza.

Em um bom projeto de diagramação em conjunto com imagens, o item mais importante é a compreensão da mensagem, a legibilidade. Além disso, trabalhar espaços vazios valoriza ainda mais o trabalho, já que proporciona um respiro e permite uma percepção bem mais limpa do todo em harmonia.

4. Atente-se à hierarquia das informações

Antes de começar a organizar as informações é necessário separar as ideias por hierarquização: da mais importante para a menos relevante. A intenção é chamar a atenção do observador para a mensagem mais urgente para depois direcioná-lo aos detalhes da proposta.

Caso o texto inserido na imagem contenha diversas informações, procure destacar o assunto principal. Depois agrupe as demais em proximidade, de acordo com a relação entre cada uma, variando os espaços entre os itens. Esse critério tem o intuito de separar cada mensagem em grupo, dando sequência e coerência à composição.

5. Use contraste

contraste

Quando se trabalha com texto e imagem ao mesmo tempo, o maior desafio pode estar na harmonia do contraste entre os dois elementos, ou entre partes do texto. No entanto, esse recurso é uma das formas mais eficazes de acrescentar atrativo visual ao seu trabalho e deve ser bem explorado.

É esse artifício que criará realce entre as informações do texto e a foto e, para garantir eficácia, ele deve ser evidente, portanto, nada de timidez na hora de trabalhar esse ponto. Entenda que não pode haver diferenciação suave entre uma informação e outra. Se isso acontecer, você não terá contraste, e sim, um conflito, portanto, muito cuidado com isso!

O contraste pode ser alcançado de diversas formas: entre uma parte do texto e outra, uma letra grande pode se destacar de outra letra bem menor, o estilo bold do light e assim por diante.

6. Aplique as cores corretas

Trabalhar com textos e imagens exige muita atenção para as cores. Se a foto é clara, a cor da tipografia deve ser escura e vice-versa. Tudo precisa ser trabalhado harmonicamente, atribuindo o devido valor a cada elemento do conjunto, sempre.

A maioria das imagens usadas para compor um layout é colorida. Para compor uma diagramação perfeita usando texto e fotografia, a atenção com as cores da empresa que está anunciando, as tonalidades da foto e do texto são fundamentais.

Muitas vezes, é difícil coordenar todos os itens da forma perfeita, por isso a capacidade de antecipar o que se quer no final é essencial. Assim, a escolha da foto já pode ser feita sem erro, diminuindo toda essa preocupação com a harmonia necessária entre o logotipo e todos os demais elementos.

7. Insira o texto em uma caixa

Muitas vezes, trabalhar com textos e imagens muito coloridas e cheias de informações visuais requer uma dose a mais de perspicácia e criatividade. Nem sempre podemos simplesmente escolher a foto que usaremos no projeto. Então, o que fazer para driblar o temido fantasma da poluição visual?

Quando um texto precisa necessariamente se distinguir nessa imagem que ameaça o bom senso de qualquer diagramador, um recurso bastante eficiente e muito usado é a inserção de uma caixa.

Você pode escolher a forma retangular, circular, quadrada, enfim, a que melhor se ajustar à imagem e escrever sobre ela. Determine a cor que melhor se molde à composição, lembrando sempre do contraste.

É interessante considerar a possibilidade de aplicar um pouco de opacidade na forma escolhida como caixa. Isso favorece o texto e não encobre totalmente o espaço utilizado para escrever.

Todo profissional que ainda está começando a trabalhar com texto e imagem se depara com muitos desafios. Cada trabalho exige um estudo diferente de tudo que precisa ser desenvolvido. Mas, com o tempo, esse tipo de projeto se transforma em algo lúdico e prazeroso.

E você, já desenvolveu algum projeto interessante com texto e imagem? Se não projetou nada ainda, experimente trabalhar com textos e imagens usando as dicas que sugerimos. Aproveite para nos seguir nas redes sociais e acompanhar mais dicas como essas. Estamos no Facebook, TwitterYoutube e Google+. Até a próxima!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This