calendário personalizado

Como criar um calendário personalizado?

Para se destacar entre os demais, o profissional do ramo gráfico precisa inovar, criando produtos diferenciados que serão realmente utilizados por seus clientes. O calendário personalizado é uma ótima forma de fidelização, podendo ser usado no dia a dia, em um evento específico ou ainda como decoração em um ambiente corporativo.

Neste artigo abordaremos o processo de criação de um calendário personalizado, destacando os elementos necessários, sua organização e os cuidados que o profissional precisa ter, tanto na escolha do programa adequado quanto das imagens que vão compor o material. Confira:

Utilização de um calendário personalizado

Os calendários funcionam muito bem quando existe a necessidade de inserir uma marca no cotidiano do cliente, na forma de um brinde, por exemplo. Outra opção é utilizá-lo em eventos festivos da empresa, como o fim de ano.

São peças que nunca saem de moda, usados o ano inteiro como forma de organização para quem o recebe e como divulgação para quem o distribui.

É sem dúvida uma ótima ferramenta, mas para atrair a atenção do cliente é necessário tomar alguns cuidados. 

Criatividade como ferramenta de conquista

Investir na criatividade é e sempre será a melhor maneira de conquistar o cliente. Um layout bem trabalhado, em que haja equilíbrio de cores, informações importantes e imagens, contribui para evitar um produto visualmente poluído.

Mesmo sendo um brinde, pode haver desinteresse caso o layout não agrade. É preciso que ele interaja com a exposição da marca, mas sem exageros. Considere que este calendário ficará visível para o cliente por um ano inteiro, e para garantir que ele não enjoe da peça, uma grande dica é optar por um layout mais clean, e com cores mais suaves. 

Beleza e funcionalidade

E não é importante só a aparência da peça. Um calendário funcional tem um design que destaca datas comemorativas, feriados e fins de semana, entre outras datas importantes para a empresa.

Outra ótima funcionalidade é reservar espaço extra para anotações. Nesse caso, deve-se tomar o devido cuidado com o tipo de papel e acabamento a ser impresso para que a tinta da caneta seja bem absorvida. Lembre-se, sempre que você for escrever sobre o papel, não é indicado a aplicação de acabamentos como verniz UV total, pois ele impede a penetração da tinta sobre o papel. Opte sempre por laminação BOOP fosca ou apenas o papel impresso, sem nenhum tipo de acabamento. 

Formato

O formato vai depender do tipo de uso pensado para o calendário. É comum encontrar no mercado modelos padrões como: calendários de mesa nas versões com wire-o ou simples, calendários de parede e calendários de bolso. Para facilitar a venda, é importante ter em mãos um mostruário com todos os modelos de calendários que você trabalha, desta forma, ficará mais fácil para seu cliente escolher o modelo que melhor se adapta à necessidade dele. 

Organização

Um calendário organizado é aquele em que os feriados e fins de semana são destacados com cores distintas. Desta forma, fica mais fácil para o seu cliente identificar datas especiais e se programar para elas. E não se esqueça de que o primeiro dia da semana é o domingo!

Programas editoriais

Vale lembrar que, programas como Word e Excel não são adequados para editoração gráfica, pois não conseguem lidar com controle de cores e imagens. Para esse trabalho, o mais recomendado é apostar em programas como Corel, Illustrator ou Photoshop, por se tratarem de softwares utilizados para criação gráfica.

Atenção às imagens

Seu calendário personalizado deverá ser composto por imagens em alta resolução para que a impressão na gráfica saia de maneira satisfatória. 300 dpi é uma taxa adequada.

E tome muito cuidado ao baixar imagens da internet, pois além de conter direitos autorais, a maioria costuma vir em baixa resolução (72 dpi): fuja delas! 

Exposição da marca

Se o principal objetivo ao criar um calendário personalizado é apresentar uma marca, suas informações devem estar ao alcance do usuário. Além do logotipo da empresa, site, telefone e endereço não podem ficar de fora.

Impressão

A escolha da gráfica influencia diretamente na qualidade do seu material. Pesquise sobre equipamentos, prazos e obtenha feedbacks de clientes que já usaram aquele serviço.

No decorrer desse artigo, pudemos perceber pontos importantes no processo de criação de um calendário personalizado. Tomando os devidos cuidados, certamente você terá em mãos um produto de qualidade e uma ótima ferramenta de divulgação e retenção de clientes!

Quer mais boas ideias? Veja também nosso artigo sobre como inovar nos seus produtos gráficos!

 

identidade visual

Comments (2)

    1. Oi Mariana, tudo joia?

      Essa opção ainda não temos em linha de produção, porém é possível produzir sem problemas via orçamento personalizado.
      Se você tiver interesse é só enviar um e-mail para orcamento@graficakwg.com.br especificando todo o seu projeto. Assim que recebermos te enviaremos uma proposta bem bacana 😉

      Um grande abraço 😉
      E continue nos acompanhando.

      Att. Equipe KWG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This