tipos de envelope

Tipos de envelope: o que você precisa entender para usar!

A papelaria corporativa é um elemento que continua essencial na materialização da identidade visual de uma empresa. Os vários tipos de envelope fazem parte desse conjunto e são ótimas ferramentas de interação com os clientes, parceiros e colaboradores internos. Eles ajudam na fixação da marca e mostram que organização tem cuidado com sua imagem.

De fato, os envelopes têm diversas funções. Podem ser usados para o envio de cartas, documentos, convites e em ações de marketing e relacionamento. Mas você conhece os principais modelos? Sabe indicar a melhor opção, de acordo com a necessidade de seu cliente?

No post de hoje, trazemos dicas para que você entenda mais sobre envelopes e comece já a oferecer a seus clientes esse importante item da papelaria corporativa. Continue lendo e confira!

Conheça os principais tipos de envelope

Os envelopes, como são conhecidos, costumam ser feitos em papel e com formatos mais específicos, sendo utilizados para enviar documentos, lembretes extensos, cartas ou quaisquer outros tipos de papel para, depois, serem enviados por meio de transporte de encomendas — no caso, os Correios.

Eles podem também ser feitos somente para guardar como lembrança, e não para envio. É o caso, por exemplo, das cartas guardadas ou mensagens pessoais.

Seja como for, o envelope é feito de maneira que sempre tenha um remetente (a quem se envia) e o destinatário (quem se recebe), estando essas informações na frente e atrás do papel, respectivamente.

Agora, vamos conhecer alguns modelos:

Envelope saco

envelope saco

É um modelo muito presente no cotidiano empresarial, bastante utilizado no envio de propostas, contratos, orçamentos e todo tipo de documentação.

O envelope saco mede 24 x 34 cm ou 26 x 36 cm e é ideal para comportar a maioria dos documentos empresariais, impressos, normalmente, em tamanho A4. Além disso, servem também para formatos maiores, que acabam tomando a média do A4 quando dobrados.

Envelope carta ou meio saco

envelope meio saco

Esse envelope é uma variação do modelo saco, com tamanho menor, de 15,5 x 22 cm. Pode ser usado no envio de correspondências comuns, e funciona muito bem para remeter mala direta e outras ações promocionais para clientes.

Por não ser tão grande quanto o envelope saco, o modelo carta ou meio saco é indicado também para o envio de cartões postais ou fotos.

Envelope ofício

envelope ofício

O envelope ofício é o mais usado. Tendo as medidas de 11,4 x 23 cm, é o que você costuma receber em correspondências de fatura de cartão de crédito e contas de consumo, como telefone e TV por assinatura, além de estar dentro das empresas.

Esse modelo pode ser também usado para envio de qualquer papel ou documento que pode ser dobrado.

Escolha a melhor gramatura

Como você já deve saber, a gramatura é a medida da massa pela área de um papel. Quanto maior ela for, mais grossa é a folha e isso faz muita diferença na qualidade final do material que você entrega para o seu cliente.

Em primeiro lugar, é importante saber qual é a finalidade do envelope. Se ele for remetido pelos Correios, por exemplo, é essencial que seja resistente às condições de envio. Nesse caso, a gramatura de 120 g/m² é a mais indicada.

Agora, se o uso for interno mesmo, entre os colaboradores da empresa, 90 g/m² já é o suficiente. Ademais, existem outras gramaturas usadas no mercado — como a mais típica para notas ficais e blocos orçamentais, de 60 g/m², e as usadas em panfletos, de 150 g/m².

Defina o papel ideal

E quanto aos tipos de papéis para confeccionar o envelope?

O mais comum é o papel offset, o famoso sulfite. É um papel não revestido, ou seja, meio poroso, muito usado no dia a dia. Apesar de ser simples, se aliado a uma arte bem-feita cumpre bem a sua função na papelaria corporativa.

Agora, se o seu cliente prefere inovar um pouco e sair do convencional, vale a pena apostar nos papéis reciclados. Eles acompanham a tendência ecológica e são fabricados com uma mistura de papel novo com papel usado. Por isso, têm uma coloração amarelada e são porosos, assim como o offset.

Também há o papel-jornal, que têm semelhanças com o papel offset, mas é mais fininho e com aparência mais rústica, tendo várias fibras soltas. Ele é ideal para jornais, panfletos ou notas fiscais.

Já o papel couché é bastante comum, muito usado como sinônimo de qualidade. Ele não é um material poroso, já que leva uma camada vedante que o deixa com aparência mais fina e resistente. É utilizado em panfletos, capas, cartões de visitas e folders.

Como última dica, a gente lembra que, além de contar com um layout clean e harmônico, o envelope deve ter também as informações de contato da empresa atualizadas e completas, para evitar extravios e facilitar a identificação.

Acrescente acabamentos no envelope

Basicamente, os acabamentos dos papéis são detalhes colocados na sua preparação que são capazes de aumentar a visibilidade, a venda e o reconhecimento da sua marca por meio desse diferencial.

Devido à competição no mercado de trabalho, o consumidor está cada vez mais sendo atraído e tomando suas decisões pelo interesse visual, especialmente. Por isso, com acabamentos em seu envelope, você se diferencia dos demais concorrentes!

Os principais tipos de acabamentos, os mais procurados, são os de laminações, stamping, envernizamento e relevo. Vamos conhecê-los melhor?

Envernizamento

É feita com a aplicação concentrada de verniz brilhante no material. Isso é usado mais frequentemente em cartões de visita, cardápios, capas de revista, capas de brochura e catálogos. E é uma ótima opção para causar impacto!

Laminação

A laminação é feita na aplicação de calor no papel com um mecanismo específico, e não é todo tipo de material que aceita tal processo. Mas, se você deseja passar uma visão de sofisticação para a sua marca, vale a pena! Ele tem acabamento sutil, e é muito utilizado em cartazes e folders.

Stamping

O stamping funciona parecido com a tipografia, mas não recebe tinta. Ele é pressionado e aquecido contra uma fita coberta de metal que derrete o material sintético. Assim, esse tipo de acabamento oferece ao seu envelope um detalhe inovador de metalização.

Relevo

O relevo pode ser criado em vários tipos de papel que tenham gramatura acima de 180 g/m². No geral, é interessante usá-lo em alguns poucos detalhes, como em informações que sejam importantes e no nome da sua marca ou logotipo.

Isso porque o relevo atribui sobriedade e destaque ao mesmo tempo, sendo muito usado em cartões de visita.

Crie envelopes personalizados para empresas

Como um cartão de visitas, o envelope também pode ser algo convidativo.  Ele ilustra muito bem a importância da imagem que a sua empresa tem para os seus colaboradores, clientes e fornecedores.

Devido a isso, é essencial investir a sua atenção nesse material, que, como vimos, pode trazer benefícios para o seu negócio, como o fortalecimento da sua marca.

Mesmo sendo um material padrão, é possível fugir dele. Ao invés do branco casual, pode se utilizar cores variadas, por exemplo, destacando o seu envelope frente aos outros que o seu cliente recebe.

Você pode, inclusive, usar cores que sigam a marca ou o logotipo da sua empresa — mas sempre tomando cuidado para as informações que constam no papel continuarem visíveis, ok?

Ademais, é bom ressaltar que o papel timbrado não é somente um detalhe, afinal, é nele que constam as informações de identificação da sua empresa! Assim, quando se usa um papel timbrado, tanto você quanto o cliente têm a garantia da procedência e da autenticidade do que será enviado.

Então, gostou do nosso post? Depois de todas essas informações, escolher um dos tipos de envelope ideal para você e o seu negócio já não é um problema, certo? Agora, se sobrou alguma dúvida ou tem uma sugestão, deixe-nos o seu comentário!

 

identidade visual

Comments (6)

    1. Ei Mara! Ficamos extremamente felizes em ter te ajudado. Isso prova que estamos cumprindo o nosso propósito, que é auxiliar os profissionais gráficos a melhorar cada vez mais as suas vendas e alcançar o sucesso profissional. Continue nos acompanhando, que semanalmente postamos mais conteúdos como este.
      Um abraço!
      Equipe KWG.

  1. Qual o nome do envelope em que você tem a correspondência dentro e do lado de fora, você tem um papel anexo a ele, como um bloco, que é destacado posteriormente se necessário ?

    1. Ei, Renato! Discutimos bastante aqui, mas não conseguimos entender como seria este tipo de envelope. Será que você se refere àqueles envelopes plásticos onde a nota do produto fica fixada na parte inferior do envelope? Você teria alguma foto de referência para nos enviar?

      Ficamos no aguardo.
      Um abraço 😉

  2. Boa tarde…

    Por que não há disponível templates de envelopes??

    Ajuda muito nas vendas e agiliza a produção!!

    1. Ei, Marcos! Tudo bem?
      Marcos, nós não trabalhamos com serviços de criação, somente impressão mesmo.

      Eventualmente disponibilizamos alguns templates para ajudar os nossos clientes em suas divulgações. Você pode conferí-los clicando aqui: http://blog.revendakwg.com.br/categoria/templates/

      Anotamos aqui o seu interesse por templates de envelopes e se viermos a desenvolver esses layouts enviaremos para você 😉

      Um grande abraço!
      Equipe KWG.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This