Rebranding: o que é e quais cuidados na hora de mudar uma marca?

rebranding

Os consumidores mudam, muda o mercado, e a empresa que não acompanha essas transformações corre o risco de cair no esquecimento. Em alguns casos essa adaptação pode envolver até a mudança da marca. Por isso, o rebranding tem se mostrado uma estratégia de marketing bem-sucedida para garantir a presença e competitividade de muitos negócios.

E você, já conhece o rebranding, como ele funciona, qual é o momento oportuno e quais os cuidados necessários para realizá-lo? Nós explicaremos para você a seguir. Confira!

Afinal, o que é rebranding?

O rebranding diz respeito a todos os recursos utilizados para apresentar uma nova visão de uma organização. Pode ser desde uma mudança na comunicação ou identidade visual, uma nova filosofia operacional e, até mesmo, uma alteração no nome.

Exemplos não faltam: empresas de tecnologia, bebidas e até times de futebol já utilizaram a mudança de marca em algum momento de sua história.

Quando é a hora certa de mudar a marca?

São muitas as razões que indicam o rebranding como uma estratégia de marketing eficaz para você manter a marca em evidência. Destacamos as principais:

Perda de relevância

Como falamos, o mercado está em constante evolução, assim como o consumidor. Com o tempo, sua empresa pode perceber que não tem mais o destaque que costumava ter em relação aos seus concorrentes. Neste caso, uma mudança na marca pode ser uma solução para despertar o interesse dos consumidores novamente.

Mudança de gestão ou fusões

Em algumas situações, as mudanças nos cargos de liderança ou as fusões entre empresas provocam transformações na filosofia e abordagem da empresa. Nesses casos o rebranding é utilizado para readequar a marca a partir desse novo posicionamento na direção.

Expansão de mercado

Quando os negócios começam a se expandir para além do conceito original, a mudança da marca precisa refletir essa evolução. Com isso, você consegue orientar os antigos e novos consumidores sobre as novidades da expansão.

Conquista de um novo público

O rebranding também é utilizado nos casos em que a empresa quer se reposicionar no mercado e conquistar um diferente perfil de consumidor, ou quando você ainda não conseguiu atingir seu esforço inicial para conquistar o consumidor alvo.

A mudança da marca tem sido uma estratégia até na redução dos danos sofridos por uma má reputação.

Quais os cuidados ao realizar o rebranding?

A opção pelo rebranding envolve muita reflexão e cuidado antes de começar as mudanças. Se você está pensando em mudar sua marca, fique atento a esses pontos:

Construa sua nova imagem

Pense nos valores do seu negócio e o que você pretende transmitir com a nova marca, bem como quais foram os aspectos que fizeram com que a marca atual perdesse a relevância ou por que ela não alcançou os objetivos alcançados. Identificar os erros cometidos é o primeiro passo para um rebranding certeiro.

Em seguida, elabore uma história da sua marca! Ela deve ser convincente o suficiente para que consumidores e equipe acreditem e confiem naquilo que seu negócio oferece.

Consulte seus clientes

Antes de partir para o rebranding, é preciso ainda investigar qual é a relação dos seus clientes com a sua marca. Você vai conseguir analisar suas expectativas a partir do ponto de vista do consumidor e as chances de acertar na mudança serão maiores.

Capriche na comunicação

Assim que definir o novo rosto da sua marca é hora de investir todos os recursos na divulgação da mudança. Seja para conquistar novos clientes ou recuperar antigos consumidores, o importante é mostrar que as mudanças vieram para melhor.

É possível que haja uma resistência no início, afinal nem todas as pessoas gostam de surpresas. Por isso, siga confiante na divulgação da mudança da marca.

Se você gostou do artigo e quer mais dicas, curta nossa página no Facebook e não perca nossas atualizações!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This