designer freelancer

Designer freelancer: confira 5 dicas para abrir a sua própria agência

O mercado de trabalho do design gráfico está altamente competitivo, e os profissionais que não aprimorarem a sua capacidade e ampliarem os seus conhecimentos terão sérios problemas em obter lucro no final do mês. Por isso, conhecer algumas dicas para designer freelancer que desejam empreender é fundamental.

Por meio de ações e atitudes estratégicas, é possível conseguir um diferencial competitivo que não apenas atrairá mais clientes, como também trará mais credibilidade e possibilitará a instauração de uma tabela de preços justa. Quer descobrir como fazer isso? Então confira o conteúdo a seguir:

1. Tenha bastante disciplina e foco

Sem foco e disciplina, fica difícil ter sucesso em qualquer área do mercado, e a coisa não muda de figura quando pensamos no segmento de design gráfico. O designer freelancer precisa ter bastante consciência de que, exatamente por trabalhar por conta própria, tudo dependerá da sua própria atitude.

É muito importante não desanimar nos primeiros percalços e nem ter preguiça de despender tempo e energia fazendo cursos cansativos, estudando ou aprimorando a sua técnica. Mantenha-se firme em busca dos seus objetivos. Você não se arrependerá: os resultados não tardarão a aparecer!

2. Faça um planejamento financeiro

Ter um bom planejamento financeiro também é muito importante, especialmente ao trabalhar como designer freelancer. Como não existe aquela relação tradicional de trabalho com um empregador, você não terá a garantia nem do salário no final do mês, nem de diversos outros benefícios também.

Dessa forma, você precisa ter muito cuidado com o seu orçamento. É imprescindível poupar algum capital sempre que você puder, de forma que você possa se garantir em caso de uma redução nas demandas de serviço e também possa investir na aquisição de conhecimentos, quando assim julgar necessário.   

3. Crie um plano de negócio

Outra excelente ideia para designers freelancers é fazer um plano de negócios, pois isso ajuda a dar mais embasamento para as futuras decisões do profissional. Nesse planejamento, você deve incluir os mais diversos fatores que podem influenciar na sua carreira e identificá-los de forma clara.

Coloque suas metas e objetivos em curto, médio e longo prazo, bem como as maneiras como você pretende fazer com que seja possível cumprir o que foi designado. Use o material como base de consulta caso algo não esteja dando certo e realinhe suas atitudes se necessário.

4. Invista em boas parcerias

As parcerias são muito importantes para os designers freelancers. Por isso mesmo, você deve, sempre que possível, ampliar o seu networking. Os cursos da área, por exemplo, são uma boa maneira de conhecer outros profissionais e de mostrar-se eficiente e correto no seu trabalho.

As redes sociais também podem entrar nessa equação, pois atualmente quase todo mundo utiliza essas mídias. Dentro desse contexto, um perfil atualizado, sobretudo no LinkedIn, pode ser bastante útil.

5. Aposte no poder do marketing

Por fim, os designers freelancers não podem deixar de fazer um bom marketing. Afinal, como você estará trabalhando por conta própria, é você mesmo que precisará encantar e atrair a confiança dos clientes.

Caso você não disponha de muitos recursos, o segredo é apostar no marketing digital. Um bom site, perfis ativos nas redes sociais e a criação de um blog, por exemplo, são excelentes alternativas.   

Essas são algumas dicas para designers freelancers que desejam empreender. Gostou desse conteúdo? Então entre em contato com a nossa empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This