processo criativo

Como funciona o processo criativo?

Todo processo criativo pode ser descrito como a capacidade de descobrir, inventar ou produzir algo original. É também a habilidade de resolver problemas com soluções inovadoras.

Parece banal, mas usamos nossa criatividade quase todo o tempo, em maior ou menor grau. Fazemos isso enquanto cozinhamos, arrumamos a casa, trabalhamos, estudamos, organizamos as finanças domésticas e muito mais.

A criatividade acontece de forma individual ou coletiva. Entende-se o processo criativo coletivo como a interação de um grupo com o intuito de elaborar produtos e serviços de forma mais otimizada, com auxílio de equipes multidisciplinares.

O processo passa por etapas comuns a ambos os tipos — individual e coletivo. Diversos estudiosos do assunto classificam essas fases de maneira parecida, com pequenas variações. Porém, basicamente, se desenvolve seguindo as etapas de preparação, geração de ideias e execução.

E, mesmo com todo o aparato construído para auxiliar na criatividade, muitas vezes, somos assaltados pelo temido bloqueio criativo. Mas, existem estratégias divertidas e eficientes para eliminar esse vilão da vida dos criativos. Confira!

Ouvir música

   Executar uma boa trilha sonora durante a realização de alguma tarefa é, sem dúvida, relaxante e faz o tempo voar, além de acalmar a mente e o corpo.

Enquanto se está elaborando uma ideia, um bom fundo musical pode funcionar como catalisador ativando partes do cérebro responsáveis pela motivação e emoção.

Em alguns casos, pesquisadores apontam até mesmo uma elevação na capacidade cognitiva, ou seja, uma intensificação da inteligência quando se ouve Mozart durante a execução ou criação de alguma atividade. Vale a pena testar!

Meditar

A meditação é entendida de diversas formas, desde o esvaziamento completo da mente, técnicas de visualização até uma simples atitude de contemplação e relaxamento. Todas as formas são válidas.

Você também pode adotar os rituais clássicos para meditar em determinadas posturas, sentar em almofadas com luz de vela e incenso. O importante é relaxar a mente e deixar os pensamentos fluírem livremente, sem apego. O resultado é surpreendente e funciona para muita gente.

Assistir filmes

Além de fornecer um dos melhores produtos de entretenimento puro, o cinema é uma fonte inesgotável de criatividade. Enumerar a quantidade de histórias e estilos é desafiador, tamanha a diversidade desse universo.

Qualquer coisa que se veja no cinema pode ser inspiradora e “desbloqueadora”. Nos momentos de aridez criativa, acredite no seu poder mágico e dê um tempo para ver um filme, um curta-metragem, ou mesmo, uma série. Suas ideias serão renovadas.

Ler

Para algumas pessoas, a leitura pode surtir um efeito semelhante ao cinema, considerando a quantidade de adaptações de livros que vão para a “telona” constantemente.

Porém, a leitura tem a vantagem de estimular a imaginação, já que os cenários são produzidos dentro da cabeça do leitor. Outra vantagem da leitura é a possibilidade de se recorrer aos temas relacionados ao trabalho que você estiver desenvolvendo. Assim, funciona como fonte direta de inspiração.

Conversar com pessoas

Trocar ideias com as pessoas é um potente remédio para abrir a mente e se livrar de bloqueios, principalmente quando você tem a oportunidade de oferecer ajuda a alguém.

O exercício de escutar e visualizar soluções para outra pessoa faz o cérebro trabalhar e buscar alternativas. Da mesma forma, um amigo mais experiente pode trazer um olhar diferente para a mesma questão que você está enfrentando.

As conversas são sempre altamente produtivas. Em mesas de bar, muitas acabam esquematizadas em guardanapos de papel, e é muito comum grandes ideias surgirem nesses momentos de descontração.

Acompanhar o trabalho de pessoas criativas

Essa é uma opção muito interessante. Você deve ter em mente uma lista de pessoas admiráveis e inspiradoras em qualquer área de atuação. Acompanhar seu trabalho pode lhe render uma boa dose de criatividade, além de ajudar na formação de um networking.

Acompanhar as redes sociais dessas pessoas, deixar um comentário, enviar e-mails pode significar oportunidade de aproximação e a chance de manter um contato precioso.

Podemos entender o processo criativo como um caminho a ser percorrido com a ajuda de estímulos e alguns truques para aflorar todo potencial existente em cada pessoa, basta praticar com paciência e persistência.

Se você se identificou com alguma das técnicas sugeridas para eliminar o bloqueio criativo, compartilhe com seus amigos em suas redes sociais!

Comments (2)

  1. Gente vocês são o máximo!!!!!
    Indico este blog para muitas pessoas.
    Obrigado KWG por tantos conteúdos valiosos.
    Me ajudam muito!!!!!!

    1. Ei, Mara!!!! É tão bom ouvir feedbacks como este! Ficamos muito felizes em saber que os nossos conteúdos ajudam você.
      Agradecemos muito por suas indicação 😀

      Um grande abraço e continue nos acompanhando 😉
      Att. Equipe KWG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This