Como converter em curvas nos principais softwares vetoriais

converter em curvas

Quem nunca teve um arquivo reprovado pela gráfica pelo simples fato de ter esquecido de converter em curvas? Este é um tipo de problema bastante recorrente na área gráfica. Pode parecer algo simples, porém esquecer de realizar esta etapa no processo de fechamento de arquivo, pode ocasionar graves problemas ao impresso final. 

Confira o passo a passo de como converter todos os elementos de texto em curvas nos principais softwares vetoriais.

O que significa converter em curvas?

Converter em curvas, nada mais é do que converter textos em objetos, de modo que estes não possam mais ser editados. Ciente disto, antes de iniciar o processo de conversão é essencial que você salve o arquivo original com outro nome, de modo que ele permaneça editável para futuras alterações.

Por que devo converter em curvas?

Todo material antes de ser impresso, passa pela manipulação e cuidados do departamento de pré impressão. Neste departamento, é realizada toda a padronização e análise da arte que será impressa.

Quando trabalhamos com determinada fonte e enviamos o arquivo para impressão sem converter em curvas, ou seja, deixamos a fonte de modo editável, é muito provável que o departamento de pré-impressão não tenha a mesma fonte que você utilizou.
Como consequência, na tentativa de abrir o arquivo, o software mostrará um aviso de fonte inexistente. Caso este aviso seja ignorado, o software poderá abrir o arquivo, porém ele irá fazer a substituição da fonte inexistente por qualquer outra presente na máquina do operador. 

E é justamente para evitar este tipo de contratempo, que é imprescindível converter todos os textos em curvas antes de enviar o arquivo para a gráfica. 

Veja como converter em curvas no software CorelDRAW

Antes de iniciar o passo a passo, é importante salientar que o software CorelDRAW não converte em curvas textos que estejam agrupados ou combinados com efeitos ou outros objetos.

Ciente deste detalhe, iniciaremos desagrupando objetos e fontes. Para isso, pressione as teclas CTRL+A para selecionar toda a sua arte e em seguida clique em:

Objeto > Grupo > Desagrupar tudo (atalho CTRL+U)

Feito isso, a próxima etapa é separar efeitos que estejam aplicados em fontes. Ainda com a sua arte selecionada, clique em:

Objeto > Separar (atalho CTRL+K)

Depois de separar os efeitos, será necessário desagrupá-los novamente. Para isso, repita o passo anterior:
Objeto > Grupo > Desagrupar tudo (atalho CTRL+U).

Depois de ter certeza de que todos os elementos que compõe a sua arte estão separados de efeitos e desagrupados de objetos, chegou a hora de dar o comando final para convertê-los em curvas.

Clique no menu:
Editar > Selecionar tudo > Texto

Repare que todos os textos da sua arte foram selecionados. Agora clique em:

Organizar > Converter em curvas (ou o famoso CTRL+Q)

Se você estiver trabalhando com um arquivo que possua mais de uma página, será necessário repetir este mesmo procedimento em todas as páginas.

Pronto! Feito isso, seu texto será convertido em curvas e não sofrerá nenhum tipo de alteração de fonte. Agora para se certificar de que não existe nenhuma fonte em seu arquivo, clique em:

Arquivo > Informações do documento.

Desça a barra de rolagem até a informação: Estatística de texto. A informação que deverá constar é: Sem objetos de texto neste documento. Caso seja listado algum estilo de fonte, repita este procedimento até que não conste nenhum objeto de texto em seu documento.

Como converter em curvas no Illustrator

Com apenas poucos comandos, o software Illustrator permite que você converta todos os textos do seu arquivo em curvas.
Para realizar esta função clique em:

Select > Object > Text object (Selecionar > Objeto > Objeto de texto)

Você notará que todos os textos da sua arte foram selecionados. Para convertê-los em curvas, basta clicar em:

Type > Create outlines (Tipo > Criar Contornos) ou atalho SHIFT+CTRL+O

Para verificar se todos os textos foram convertidos em curvas, clique em:

Type > Find Font (Tipo > Localizar fonte)

A tela a seguir abrirá uma janela para pesquisa de fonte. Para ter certeza de que não resta nenhuma fonte no seu documento, observe se no box “Fonts in Documents”, aparece algum estilo de fonte. Caso alguma fonte seja listada, significa que ainda existem fontes que não foram convertidas. Neste caso, repita o procedimento novamente.

Observação: Caso você esteja trabalhando com mais de uma layer, você deverá realizar este procedimento em cada uma delas. Para isso, desbloqueie e ative a visualização de cada layer, e por meio do comando CTRL+A, selecione todas. Agora inicie os passos citados anteriormente, e converta todas as layers de uma só vez. 

Dúvidas solucionadas? Esperamos que sim! Converter em curvas é apenas uma etapa do processo de fechamento de arquivo, se você deseja dominar o assunto e saber ainda mais, confira o nosso artigo exclusivo sobre fechamento de arquivo.

Se você quiser ver na prática os passos que ensinamos, complemente o seu aprendizado com nossos vídeos explicativos:
Como converter textos em curvas em apenas 30 segundos – Adobe Illustrator
Como converter textos em curvas em apenas 30 segundos – CorelDRAW 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This